Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Charles de Oliveira vence no UFC, mas comissão analisará luta

Brasileiro teria acertado joelha ilegal em Nik Lentz no 2º round e pode perder a vitória

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Charles "do Bronx" Oliveira venceu Nik Lentz em uma luta polêmica neste domingo no card preliminar do UFC on Versus 4 . O brasileiro finalizou seu adversário com uma guilhotina aos 1:48 do 2º round, mas, alguns segundos antes, teria acertado uma joelhada ilegal que será analisada pela comissão de lutas. O árbitro central deixou o combate continuar, e Dana ainda escolheu essa como a luta da noite.

O público presente no Consol Energy Center, em Pittsburgh, vaiou a vitória do brasileiro, especialmente após analisar os replays que foram exibidos na arena. Até mesmo o presidente do evento, Dana White, colocou no Twitter que achou o golpe ilegal. Outros lutadores também pediram a punição de Charles na rede social. O resultado final pode ser o chamado "No Contest", quando nenhum lutador é considerado vencedor.

Veja mais notícias de lutas na página especial do iG Esporte

Apesar da polêmica, Oliveira foi superior enquanto esteve no octógono. No 1º round, ele mostrou um jogo em pé, aplicou bons golpes no ground and pound e escapou das tentativas no chão de seu adversário. No 2º round, ele voltou a escapar de uma guilhotina aplicada por Lentz e iniciou a vitória na polêmica joelhada.

Antes, também no card preliminar, Michael Johnson já havia nocauteado Edward Faaloloto. Apesar de ter seu olho sangrando desde o meio do 1º round, o norte-americano foi agressivo e conseguiu acertar uma bela cotovelada que balançou o adversário. Depois, foi só montar em cima do adversário e esperar a interrupção do árbitro aos 4:42 do round 1. Pouco tempo depois, na luta seguinte, Ricardo Lamas venceu Matt Grice também no nocaute técnico. A vitória começou após um chute encaixado em cheio na face de Grice.

A primeira luta que terminou em decisão foi entre Rich Attonito contra Daniel Roberts. Na sua estreia nos meio-médios, Attonito mostrou uma boa forma física e esbanjou isso, especialmente, no último round, quando a vitória foi muito mais no físico do que na técnica. No fim, decisão unânime por 29-27, 30-27 e 29-28. Na luta seguinte, Joe Lauzon finalizou Curt Warburton com uma kimura que Dana White chamou de "selvagem" e ganhou o prêmio de finalização da noite.

Nas últimas duas lutas, mais duas decisões nas mãos dos árbitros. Javier Vazquez venceu Joe Stevenson por decisão unânime, com os placares de 30-27, 29-28 e 30-27. Depois, Tyson Griffin derrotou Manny Gamburyan por decisão majoritária, com placares de 29-28, 29-28 e 28-28.

Sabe tudo sobre UFC? Prove respondendo o quiz especial do iG

Card preliminar
- Michael Johnson venceu Edward Faaloloto por nocaute técnico aos 4:42 do R1.
- Ricardo Lamas venceu Matt Grice por nocaute técnico aos 4:41 do R1.
- Charles de Oliveira finalizou Nik Lentz com um mata leão aos 1:48 do R2.
- Rich Attonito venceu Daniel Roberts por decisão unânime (29-27, 30-27 e 29-28).
- Joe Lauzon finalizou Curt Warburton com uma kimura aos 1:58 do R1.
- Javier Vazquez venceu Joe Stevenson na decisão unânime (30-27, 29-28 e 30-27)
- Tysson Griffin venceu Manny Gamburyan por decisão majoritária (29-28, 29-28 e 28-28)

Leia tudo sobre: charles do bronx oliveiraufc on versus 4mmaufc

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG