Norte-americano também pode ser o próximo rival de Brock Lesnar no retorno do ex-campeão

Uma vitória no UFC Rio vale muito mais para Brendan Schaub do que a mera satisfação de superar uma lenda do esporte. Em entrevista exclusiva ao iG , o norte-americano revelou que deverá ser o próximo desafiante do cinturão dos pesados caso vença Rodrigo Minotauro neste sábado à noite na Arena HSBC.

Infográfico: Veja como chegar e assistir ao UFC Rio no sábado

“Nenhuma outra luta faria sentido para mim. Ainda estou esperando a confirmação oficial, mas só poderia ser uma luta pelo título. É isso o que eu espero e é isso o que me motiva”, afirmou o lutador.

Brendan Schaub realmente está em alta na franquia. O finalista do reality show “The Ultimate Fighter” derrotou nomes como Gabriel Napão e Mirko Crp Cop e se consolidou como uma das principais revelações do torneio.

Caveira! Veja como foi o MMA do Bope

Porém, mesmo se vencer Minotauro neste sábado, Schaub terá que esperar por um longo período para disputar o cinturão. O combate entre o campeão Cain Velásquez e Junior Cigano está marcado somente para o dia 19 de novembro, o que deixaria Schaub por um longo período afastado do octógono.

“Não me importaria em ficar parado até o ano que vem, pois nunca paro de treinar. Se for algo necessário para me garantir nesta luta, posso aguardar tranquilamente”, completou.

Outra possibilidade para Brendan Schaub seria enfrentar o astro Brock Lesnar, que está em fase final de recuperação de uma cirurgia no cólon. Com isso, ele também tem chances de subir no octógono contra o ex-campeão dos pesados. “Esta seria uma luta alternativa, que eles podem pedir para eu fazer, mas não estou pensando nela”, concluiu Schaub.

Enquanto isso, Rodrigo Minotauro tenta evitar sua aposentadoria no MMA. De acordo com Dana White, o veterano de 35 anos tem chances de ser demitido caso perca para o norte-americano. Mesmo assim, o baiano faz o máximo para rebater a pressão e se diz tranquilo para o combate.

“Vou lutar na frente da minha filha, do meu pai e todo o pessoal vai me ver. Vou encarar essa pressão como um apoio a mais. O meu treinamento foi o melhor possível e estou pronto para qualquer área do combate”, comentou o brasileiro, que nunca lutou no país.

O UFC Rio começa a partir das 19h deste sábado na Arena HSBC com o card preliminar transmitido pelo canal Combate. Já as lutas do card principal terão início às 22h ao vivo pela RedeTV.

Confira todas as lutas do UFC Rio:

Card principal:
Anderson Silva (BRA) x Yushin Okami (JAP)
Forrest Griffin (EUA) x Mauricio Shogun Rua (BRA)
Antonio Rodrigo Nogueira (BRA) x Brendan Schaub (EUA)
Edson Barboza (BRA) x Ross Pearson (ING)
Luiz Cane (BRA) x Stanislav Nedkov (BUL)

Card preliminar:
Spencer Fisher (EUA) x Thiago Tavares (BRA)
David Mitchell (EUA) x Paulo Thiago (BRA)
Erick Silva (BRA) x Luis Ramos (BRA)
Dan Miller (EUA) x Rousimar Palhares (BRA)
Felipe Arantes (BRA) x Yuri Alcantara (BRA)
Yves Jabouin (CAN) x Ian Loveland (EUA)
Raphael Assuncao (BRA) x Johnny Eduardo (BRA)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.