Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Brasileiro no Japão rejeita luta e sofre com falta de comida

Cristiano Kaminishi comenta dificuldades encontradas no Japão após terremotos, tsunami e vazamento nuclear

Eduardo Oliveira, iG São Paulo |

Arquivo Pessoal
Cristiano Kaminishi em ação no Heat
Cristiano Kaminishi é brasileiro, nascido em Curitiba, mas foi no Japão que ele consolidou sua carreira como lutador profissional de MMA. Campeão dos pesos pesados do Heat, tradicional evento nipônico, Cristiano somou em seu cartel oito vitórias e apenas uma derrota, sempre lutando em território asiático. Agora, com terremotos, tsunami e vazamento nuclear no Japão, Kaminishi contou ao iG como estão as dificuldades no país.

“Eu moro em Tóquio, mas estou em Yokohama tem quatro dias. As pessoas aqui estão com medo... Já não tem água, pão, leite e outras comidas. Os postos não têm gasolina, os trens e metrôs estão operando com menos frequência”, disse Cristiano. O brasileiro revelou que diversos eventos japoneses foram cancelados devido aos caos que o país se encontra, e ele já prepara seu retorno ao Brasil.

“Vários eventos de MMA e outras artes marciais foram cancelados pela tragédia. Minha academia está fechada por causa do caos que tomou conta do Japão. Estou sem treinar desde sexta-feira (11)”, disse. “Recebi um telefonema do Heat, o qual sou campeão, perguntando sobre uma possível luta dia 5 de junho, mas eu recusei e disse que estou voltando para o Brasil dia 20 (próximo domingo)” afirmou. Apesar das dificuldades sofridas pelo país, Kaminishi garante que, se a tragédia for superada, ele retorna ao Japão para defender seu título anda em 2011.

“Se tudo voltar ao normal, volto para lutar dia 25 de setembro”, encerrou.
 

Leia tudo sobre: mmalutasCristiano Kaminishi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG