Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Belfort esconde o jogo, e Silva mostra força no treino aberto

Desafiante se destaca por causa de discurso para a torcida, enquanto campeão empolga torcida com belos socos e chutes

Danilo Lavieri, enviado especial iG a Las Vegas |

Os treinos abertos em Las Vegas empolgaram os cerca de 250 torcedores que estiveram presentes no ginásio do Mandalay Bay nesta quinta-feira. Os oito principais lutadores que participarão do UFC 126 no domingo de madrugada (1h horário de Brasília) fizeram trabalhos de aquecimento e rápidos trabalhos diante do público.

Vitor Belfort foi mais comedido. Evitou soltar muito os golpes e gastou mais da metade do seu tempo no aquecimento. Bem diferente do lutador que veio exatamente antes dele: Jon Jones. O americano soltava os seus chutes e socos com força e empolgava a plateia. Ele até respondia às brincadeiras que os torcedores faziam com ele e, definitivamente, parece ter ganhado o público ao lançar itens de sua coleção pessoal com autógrafo.

Até por isso, Vitor chamou mais atenção pelo seu discurso que fez no final do que pelo treinamento.

"Eu queria deixar aqui um recado para todos vocês. Seja lá o que vocês forem nas suas vidas, o importante é manter sempre o respeito. Independente do que aconteça, eu quero que vocês mantenham o respeito por todos. Essa é a minha mensagem de hoje", disse o desafiante ao título dos médios.

Para fechar o dia, Anderson Silva apareceu para mexer mais uma vez com a plateia. O campeão chegou ao lado de seu filho Kalyl, de 14 anos, e de outros lutadores como Pedro Rizzo e Rafael Feijão. No aquecimento, não poupou esforço, deu golpes com bastante força e mostrou que está muito bem preparado para a luta deste domingo de madrugada.

Ao contrário da antipatia presente na coletiva de imprensa de quarta-feira, ele mostrou muita simpatia com as pessoas presentes na plateia, tentou atender a todos os que estavam pedindo atenção, especialmente os brasileiros.

Rich Franklin e Forrest Griffin também fizeram trabalhos, mas que mais chamaram atenção pelo status de queridinhos que têm nos Estados Unidos do que pelo que mostraram em cima do tatame improvisado.

Leia tudo sobre: ufcufc 126belfortanderson silva

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG