Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Assessoria de Anderson se irrita com proposta de site de traição

Página de adultério na internet teria feito uma proposta de patrocínio ao Aranha, mas sua assessoria negou o ocorrido

Rodrigo Farah, em São Paulo |

Ícone do mundo das lutas, Anderson Silva atrai cada vez mais a atenção de novos investidores. Desta vez, o campeão dos médios do UFC teria recebido uma proposta milionária de um site de adultério internacional. Mas a divulgação da suposta proposta irritou a assessoria do atleta, que negou qualquer contato com o Aranha.

O site Ohhtel.com estaria disposto a desembolsar R$ 1 milhão mais a bonificação de R$ 50 mil por luta por um contrato de cinco anos com o atleta.

Confira mais detalhes da proposta no blog do Guilherme Barros

A proposta da empresa teria sido feita pela vice-presidente de operações da empresa no Brasil, Lais Ranna. O site é voltado para pessoas insatisfeitas sexualmente, que “buscam um caso discreto”, de acordo com release divulgado nesta quinta-feira.

O lutador receberia a quantia se assinasse um contrato de cinco anos e estampasse o logotipo da empresa em seu calção. Além disso, o lutador teria que virar garoto propaganda da marca em comerciais de TV.

Veja também: Manaus faz aquecimento para UFC-2012 com casa lotada e polêmica

Procurada pela reportagem do iG, a assessoria do lutador negou que ele tenha recebido qualquer proposta. De acordo com a assessoria, a empresa estaria tentando apenas se utilizar da imagem de Anderson Silva para ganhar fama.

Desde a vitória sobre Vitor Belfort na “Luta do Século” em fevereiro, o Aranha ganhou muito mais exposição na mídia brasileira. O atleta foi o primeiro contrato da empresa de marketing esportivo de Ronaldo 9ine e desde então acertou patrocínios de empresas como Nike, Burger King e do Corinthians.

Leia tudo sobre: Anderson SilvaUFCLutasMMA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG