Aranha tenta se consagrar como novo ídolo brasileiro ao enfrentar Yushin Okami no sábado

Anderson Silva pode se consagrar em solo nacional quando enfrentar Yushin Okami no Rio
Textual
Anderson Silva pode se consagrar em solo nacional quando enfrentar Yushin Okami no Rio
Pelé, Ayrton Senna, Oscar, Gustavo Kuerten... O novo ídolo do esporte brasileiro não está no campo, nas quadras ou nas pistas. Está no octógono. Anderson Silva irá protagonizar o UFC Rio neste sábado à procura de algo além do cinturão dos médios da entidade. O Aranha lutará contra Yushin Okami para consagrar sua imagem de novo herói nacional.

Dana White aponta Anderson como o melhor lutador da história

Anderson Silva já atende a um dos principais requisitos para ser ídolo no Brasil: é disparado o melhor do mundo no que faz, considerado por todos os amantes do MMA como o lutador mais perigoso do planeta. Agora, ele precisa apenas de uma exibição de gala em solo nacional para cair nas graças do público.

“[O UFC Rio] tem a possibilidade de mudar os heróis do país. É uma oportunidade única para os brasileiros do card”, afirmou o atleta antes de minimizar sua própria condição de superstar e ídolo do país.

“Estou longe disso. Não tem como comparar nenhum atleta a caras como o Ayrton e o Pelé. Estou batalhando para conquistar o meu lugar, apenas”, salientou o campeão.

Infográfico: Veja como chegar e assistir ao UFC Rio no sábado

O lutador paulista de 36 anos já causa alarde por onde passa. Desde que nocauteou Vitor Belfort na “Luta do Século” , em fevereiro, o Aranha anda com segurança e sofre assédio digno de estrelas do cinema.

“Assim que cheguei ao aeroporto e fui pegar as malas, vi que tinha alguma coisa errada. Demoramos três horas para sair de lá. Todo mundo queria fotos, autógrafos... Quando cheguei em casa, vi um cara em cima do muro tirando foto. As pessoas estão fazendo loucuras meio desnecessárias”, comentou o atleta.

A mania por Anderson Silva também despertou a atenção de uma série de investidores. O Aranha lutará no UFC Rio, neste sábado, apoiado por uma série de patrocinadores fechados nos últimos meses de companhias como Burger King, Budweiser e do Corinthians .

Todos eles foram intermediados pela empresa de marketing esportivo 9ine, do amigo Ronaldo. Anderson, aliás, foi o primeiro contratado da concorrida companhia do Fenômeno, que atualmente conta com nomes como Neymar.

Anderson Silva diz que derrota não estragaria festa do UFC Rio

Com isso, ele deve faturar uma quantia superior a R$ 4 milhões somente pelo combate na Arena HSBC. Dentro da somatória entram a bolsa pela luta, porcentagem não divulgada do pay-per-view vendido, além dos patrocínios pessoais.

Para completar, o Aranha também teve sua vida longe do octógono filmada no documentário “Like Water”. O longa foi recebido com grande sucesso nos Estados Unidos e chegou a vencer o prêmio de melhor direção no Tribeca Film Festival. Os produtores já planejam a distribuição no Brasil e sonham até mesmo com uma indicação ao Oscar.

“Temos vários interessados aqui no país, da televisão e produtores do cinema. O documentário vai passar no Brasil ainda em 2011”, prometeu o empresário de Anderson Jorge Guimarães, que também é produtor executivo do filme.

O UFC Rio começa a partir das 19h deste sábado na Arena HSBC com o card preliminar transmitido pelo canal Combate. Já as lutas do card principal terão início às 22h ao vivo da RedeTV.

Confira todas as lutas do UFC Rio:

Card principal:
Anderson Silva (BRA) x Yushin Okami (JAP)
Forrest Griffin (EUA) x Mauricio Shogun Rua (BRA)
Antonio Rodrigo Nogueira (BRA) x Brendan Schaub (EUA)
Edson Barboza (BRA) x Ross Pearson (ING)
Luiz Cane (BRA) x Stanislav Nedkov (BUL)

Card preliminar:
Spencer Fisher (EUA) x Thiago Tavares (BRA)
David Mitchell (EUA) x Paulo Thiago (BRA)
Erick Silva (BRA) x Luis Ramos (BRA)
Dan Miller (EUA) x Rousimar Palhares (BRA)
Felipe Arantes (BRA) x Yuri Alcantara (BRA)
Yves Jabouin (CAN) x Ian Loveland (EUA)
Raphael Assuncao (BRA) x Johnny Eduardo (BRA)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.