Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Anderson Silva, ídolo do UFC, revela à TV que já sofreu racismo

Lutador confidencia a programa da Record que escutou ofensa de um cliente da lanchonete que trabalhou antes de ser famoso

iG São Paulo |

Seguramente um dos maiores nomes do MMA mundial, o brasileiro Anderson Silva disse em entrevista ao programa "Esporte Fantástico", da TV Record, que vai ao ar no próximo sábado, dia 30 de abril, que sofreu bastante antes de se tornar famoso no País.

Segundo o atleta, um dos golpes mais duros da sua vida aconteceu quando trabalhava como atendente em uma lanchonete de Curitiba. “O cliente chegou e disse: ‘Não tem outro pra me atender? Não quero ser atendido por um negro’. Chamei o meu gerente para resolver a questão pra não perder a razão, mas foi triste”, revelou Anderson.

O lutador ficou mais conhecido no Brasil após vencer o duelo contra Vitor Belfort, em fevereiro deste ano. No UFC 126, Anderson Silva acertou um chute fulminante no compatriota e venceu por nocaute. Depois dessa luta, o próprio Anderson admitiu que está tentando se acostumar com a fama e disse ainda que houve mudança no comportamento do público.

TV Globo/Zé Paulo Cardeal
Anderson Silva ficou bastante famoso após a vitória sobre Belfort, em fevereiro

Leia tudo sobre: Anderson SilvaUFCMMARacismoLutas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG