Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Anderson Silva critica Sonnen e não crê em luta contra Jon Jones

Lutador brasileiro disse que o norte-americano o desrespeita, fala demais e que não merecia uma revanche, que acontecerá em junho

iG São Paulo |

UFC
Anderson Silva e Chael Sonnen vão se enfrentar novamente no UFC, em junho

Se depender de polêmica, a luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen , que vai acontecer no mês de junho, no Brasil, será épica. Em entrevista à rádio "ESPN 710 AM", de Los Angeles, o brasileiro criticou duramente seu oponente e disse que suas provocações não fazem bem ao esporte.

LEIA TAMBÉM:  Sonnen provoca Anderson e enche Twitter com símbolos do Palmeiras

"Na minha opinião, esse cara não respeita nada. Para o esporte, é importante que as pessoas assistam ao UFC , assistam a ele falando, mas por que ele fala isso? Ele não respeita nada. Eu entendo que às vezes você precisa promover a luta, mas, não sei... ", disse Anderson Silva.

"Ele desrespeitou as pessoas do meu país, a mim, minha mulher, minha família, aos outros lutadores. Isso não é uma boa promoção, isso é só esporte. Eu amo meu esporte, respeito os mais velhos dentro do UFC, os outros dentro do esporte, mas Chael, talvez, não entenda isso", completou o campeão mundial da categoria médio.

Leia mais notícias sobre o UFC no iG Esporte

Anderson Silva derrotou Sonnen em 2010 e, desde então, o lutador norte-americano vem pedido por uma revanche. Porém, para o brasileiro, ele não merecia uma segunda chance. "Ele fala muito. Na minha opinião, Chael não merece uma revanche, mas eu estou pronto para esta luta. Eu voltarei para minha casa, com minha família, lembrando que Chael desrespeitou as pessoas do Brasil, e começarei a me focar nesta luta", disse o "Spider".

Quando questionado sobre qual é o seu segredo, Anderson disse que as pessoas com quem convive são fundamentais para seu sucesso no UFC. "Eu termino meu dia, sei que estou mudando o tempo todo, trabalho duro o tempo todo. A família é meu segredo. Meu treinador, meus amigos que estão sempre comigo, minha esposa que me dá a força para trabalhar pesado. Esse é meu segredo", comentou.

UFC
Duelo contra Jon Jones, campeão no meio-pesado, é improvável, segundo Anderson Silva

Anderson Silva ainda comentou sobre duas possíveis lutas, a primeira contra George Saint-Pierre, ex-dono do cinturão dos meio-médios, e Jon Jones, campeão na categoria meio-pesado. O brasileiro avaliou que um duelo contra Jones seria bem difícil, mas disse que poderia enfrentar GSP algum dia. 

"Eu vi o começo do Jon Jones no MMA e se pareceu muito com a minha primeira luta. Estive com ele em um evento do UFC e falei para ele: 'Você é o melhor'. Disse para manter o foco nos treinos, lutar muito, porque assim ele não terá oponentes. Acho que não seria uma boa luta, porque somos de diferentes categorias. Na minha academia tem o Rogério Minotouro, Lyoto Machida, o Feijão, que são da mesma classe que o Jones", falou.

"Contra GSP, na minha opinião, seria uma grande luta. Ele é um grande cara, uma ótima pessoa, talvez, um dia, esse duelo possa acontecer. Talvez seria a melhor luta deste esporte, seria uma grande luta. Eu gosto dele, é um bom garoto para esporte", finalizou Anderson Silva.

Leia tudo sobre: Anderson SilvaUFCMMAChael SonnenGeorge Saint-Pierre

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG