Tamanho do texto

Lutador brasileiro diz que seria uma honra enfrentar rival inglês em evento que aconteça na Inglaterra

[]Michael Bisping quer lutar com Anderson Silva. E a pergunta é: quem não quer? A diferença nesse caso é que o brasileiro declarou que também quer enfrentar Michael Bisping, aproveitando até para que esse evento aconteça na Inglaterra, aumentando, assim, os países em que o Aranha já foi vencedor.

Via Twitter, Bisping deixou seu lado provocativo e foi bem respeitoso ao falar do atual campeão dos médios.

“Sobre os comentários do Anderson, é muito bom ver o melhor do mundo falando isso. Tomara que, em breve, eu ganhe a chance de enfrentá-lo”, disse o inglês.

Pouco tempo antes, em entrevista para a ESPN da Inglaterra, Anderson havia dito que gosta muito de ver Michael Bisping lutando e que ele poderia ser um bom adversário na categoria, caso ele consiga vencer Vitor Belfort no UFC 126.

“Os fãs britânicos são bem apaixonados pelo MMA. Eu adoraria lutar lá. E Michael Bisping é muito impressionante. Ele está no UFC por um bom tempo e agora venceu alguns bons lutadores. Seria uma honra lutar com ele, quem sabe na Inglaterra”, disse o brasileiro, para depois completar.

Vitor Belfort (e) desafiará cinturão de Anderson Silva no UFC 126
Divulgação
Vitor Belfort (e) desafiará cinturão de Anderson Silva no UFC 126

“Ele é rápido e sabe fazer ajustes na luta de forma rápida. Eu sou o campeão do mundo, não só do Brasil ou da América. E ser campeão do mundo significa que eu vou enfrentar os melhores lutadores do mundo inteiro”, finalizou.

Antes de Bisping, Yushin Okami, que derrotou Nate Marquardt, está na lista dos desafiantes. Pelo menos é o que disse Dana White. O japonês, aliás, foi o último lutador que conseguiu derrotar Anderson Silva em 2006 por causa de um chute ilegal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.