Daniel Lima perdeu cerca de sete quilos em dois dias para poder competir no Japão, mas na hora da pesagem, precisou da ajuda de seus treinadores

Lutador Daniel Lima recebe ajuda de seus treinadores para a pesagem oficial
Reprodução
Lutador Daniel Lima recebe ajuda de seus treinadores para a pesagem oficial

O vídeo do lutador Daniel Lima tem dado o que falar na internet. O brasileiro fez sua primeira luta de MMA fora do país neste último final de semana, mas para poder competir no peso-palha, precisou perder alguns quilos. Para chegar aos 52kg, o corte de peso foi um tanto brutal e fez com que o maranhense precisasse de ajuda para poder subir ao palco da pesagem oficial e ainda se manter em pé na balança .

LEIA TAMBÉM: Lutador apaga, juiz não interfere e equipe invade ringue para agredir adversário

Daniel Lima perdeu cerca de 7kg em dois dias e enfrentou Daichi Kitakata, que venceu o brasileiro por decisão unânime dos juízes. Apesar de suas frágeis condições no momento da pesagem, o lutador do Maranhão foi liberado para entrar no ringue. E apesar do resultado, não se arrepende de sua decisão.

Veja o vídeo da pesagem de Daniel Lima:


LEIA TAMBÉM: Lutador revela já ter feito sexo com 10 mil mulheres; leia mais sobre

O evento participado por Daniel foi o Pancrase 290, em Tóquio, no Japão. "Como essa foi a minha primeira vez fora do Brasil, eu não tinha experiência, achei que seria fácil. Foi duro e doloroso. Perdi a luta. Estava fraco por conta do corte de peso , mas estava bem, 100% para a luta", disse ao site MMA Fighting .

Em sua página oficial do Facebook, o lutador tranquilizou os fãs, amigos e familiares diretamente da capital japonesa. "Galera obrigado pelas orações, deu tudo certo. Estou reidratando! Pronto para a guerra", escreveu o atleta.

LEIA TAMBÉM: Lutador agride árbitro que demora para interromper luta; assista o vídeo

Daniel Lima tem 18 lutas em sua carreira no MMA , que começou em 2010. Dentre os duelos feitos, 12 deles são vitórias e as demais oito, derrotas. Seu primeiro confronto fora do país aconteceu no Japão pelo Pancrase 290, com a vitória do adversário local. No entanto, o lutador brasileiro ainda tem outros dois confrontos em seu contrato com o evento.


    Leia tudo sobre: luta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.