Sem fazer uma luta desde dezembro, quando foi derrotada pela brasileira Amanda Nunes, Ronda atualmente se dedica a carreira de atriz nos EUA

Desde que Ronda Rousey foi massacrada pela brasileira Amanda Nunes na luta principal do UFC 207, os fãs da ex-campeã peso-galo se questionam se ela voltará ao octógono algum dia. O presidente do Ultimate, Dana White, não demonstra esperanças no retorno da medalhista olímpica, já que ela vive outro momento em sua vida.

Leia também: Saiba tudo sobre Luta no iG Esporte

"Ela ainda não se aposentou. Não me disse que está se aposentando, mas eu não acho que ela vai voltar a lutar. Ela está curtindo, está aproveitando, fez muito dinheiro e está aproveitando a vida agora", afirmou o presidente do UFC, principal organização de luta do mundo, ao site "TMZ Sports".

Ronda Rousey participa de gravações para série norte-americana. Ela não luta desde dezembro
Reprodução/Instagram
Ronda Rousey participa de gravações para série norte-americana. Ela não luta desde dezembro

Trabalho na TV

Ronda participou de gravações no mês de março para a série norte-americana "Blindspot", onde ela viverá uma presidiária. O chefão do Ultimate também comentou a dedicação da loira como atriz.

Leia também: Veja fotos da lutadora que quase ficou fora do UFC210 por ter silicone nos seios

"Sei que ela estava filmando essa série e, se eles fizerem mais uma temporada, talvez ela seja uma personagem regular no programa. Eu a vejo fazendo isso. Ela é talentosa, é esforçada, é sensacional. Ronda pode fazer o que ela quiser", continuou.

Ronda durante gravações da série
Reprodução
Ronda durante gravações da série "Blindspot"

Na segunda temporada da série, Ronda viverá uma violenta integrante de uma gangue, que está na prisão por ter transportado armas ilegais. Nos bastidores das gravações, Rousey apareceu de forma sorridente e com muito bom humor com a equipe de produção, no Brooklyn Park, em Nova York.

Leia também: Musa do judô migra para o MMA e mostra rosto desfigurado após combate

Ronda Rousey não faz uma luta desde dezembro do ano passado, quando foi nocauteada pela brasileira Amanda Nunes, hoje campeã da categoria que já foi dominada por Roudy. Em seu cartel, ela tem duas derrotas e 12 vitórias.

    Leia tudo sobre: luta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.