Campeão do UFC se envolveu em acidente de trânsito e fugiu da cena sem prestar socorro, deixando mulher grávida ferida

Jon Jones pagou fiança e deixou a delegacia
Steve Marcus/Getty Images
Jon Jones pagou fiança e deixou a delegacia

Acusado de abandonar o local de um acidente envolvendo danos pessoais, o campeão do UFC Jon Jones se entregou à polícia da cidade de Albuquerque, no estado do Novo México, nesta terça-feira. O lutador soberano nos meio-pesados estava desaparecido desde domingo, teve a fiança estipulada em 2.500 dólares (cerca de R$ 7.300).

E mais:  Doping no UFC não deve prejudicar Anderson de ir aos Jogos

Jones passou cerca de três horas detido até pagar o valor estabelecido e ser liberado, informou a própria polícia. A lei permite que o acusado acompanhe o processo em liberdade, mas, por crime doloso, o atleta pegar uma pena de até três anos de prisão.

No último domingo, o norte-americano teria avançado um sinal vermelho, causando um acidente com outro carro, onde estava uma mulher grávida. A vítima era Vanessa Sonnenberg, que quebrou um braço. Depois do incidente, Jon Jones deixou o local a pé, abandonando o carro que tinha alugado - ainda encontraram maconha no veículo.

Jon Jones está escalado para duelar contra o compatriota Anthony Johnson, no UFC 187, agendado para 23 de maio. Por conta do acidente, o combate ainda não está 100% confirmado.

Relembre atletas que tiveram problemas com drogas:



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.