Comissão Atlética de Nevada, responsável pelo exame do lutador, disse que os planos do brasileiro de estar em disputa no Rio de Janeiro em 2016 fogem da sua jurisdição

Anderson Silva revelou o sonho de disputar os Jogos Olímpicos de 2016 no taekwondo e, inclusive, participará da seletiva brasileira no começo do ano que vem . E o fato de ter sido flagrado no exame antidoping no começo deste ano não deve prejudicar sua caminhada rumo ao Rio de Janeiro.

Rival de Anderson Silva não teme confronto em seletiva olímpica. "Aposto em mim"

Foi o que garantiu Bob Bennett, diretor executivo da Comissão Atlética de Nevada. "O Comitê Olímpico ou a Usada (Agência Norte-Americana Antidoping) podem requisitar os registros públicos a seu respeito. Isso pode ter influência, mas não é algo que nós iremos regulamentar", explicou em entrevista ao site MMA Junkie.

Blog Espírito Olímpico:  Anderson Silva na seletiva do taekwondo é o fim da picada

A Comissão de Nevada é a entidade responsável pelos exames que apontaram o uso de anabolizantes pelo "Spider". O lutador brasileiro foi flagrado em dois testes, um realizado antes e outro depois do combate contra Nick Diaz, em janeiro. Seu futuro no UFC deve ser julgado no próximimo mês de maio, e Anderson pode ser suspendo por um ano e ainda ter que pagar multa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.