Anderson Silva promete voltar em 2016 e fala em lutar por mais cinco anos

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Brasileiro disse também que seu exame antidoping deu positivo por conta de alguma substância no suplemento

Anderson Silva foi pego no exame antidoping no último mês de janeiro, após o combate contra Nick Diaz, mas a sua suspensão ainda não foi definida. Mesmo assim, o lutador brasileiro avisou que voltará ao octógno em 2016 e disse também que prevê mais cinco anos de atividade no UFC.

Confira as fotos da última luta de Anderson Silva:

Anderson Silva se emociona ao vencer Nick Diaz no UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva tenta acertar o rosto de Nick Diaz no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva x Nick Diaz, luta principal do UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAlém de perder para Anderson Silva, o americano Nick Diaz deixou Las Vegas com o rosto bastante machucado. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva e Nick Diaz trocam golpes na luta principal do UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva acerta chute em Nick Diaz em sua volta ao UFC, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesTyron Woodley comemora vitória sobre Kelvin Gastelum no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAl Iaquinta acerta chute em Joe Lauzon no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesThales Leites nocauteia Tim Boetsch no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Thiago Alves comemora vitória por nocaute sobre Jordan Mein no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesMiesha Tate venceu Sara McMann, mas teve trabalho no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro John Lineker comemora vitória por pontos sobre o americano Ian McCall no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesDerek Brunson nocauteou Ed Herman em 36 segundos no card preliminar do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Rafael Sapo comemora vitória por pontos sobre o inglês Tom Watson no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Rafael Sapo tenta golpear o inglês Tom Watson no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesIldemar Marajó golpeia Rick Monstro em duelo brasileiro no card preliminar do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesThiago Marreta comemora nocaute sobre Andy Enz no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Thiago Marreta (à direita) golpeia Andy Enz na luta que abriu o UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty Images

"Sentamos com toda a minha equipe de treino, todos conversamos e estamos fazendo um treino voltado para que eu possa lutar mais cinco anos. Durante esse tempo, temos todo o cronograma de treinos para cinco anos. Pode ser que a gente faça um pouco mais de uma luta por ano, talvez duas, mas depende das próximas lutas", comentou Anderson durante seminário de MMA, no Rio de Janeiro.

Leia as últimas notícias envolvendo Anderson Silva no iG Esporte

"Primeiramente eu tenho que reconquistar meu espaço. Tem pessoas lá credenciadas para disputarem o cinturão, são pessoas que trabalharam bastante para estarem lá na boca do gol, e eu acho que eu tenho que reconquistar isso tudo. Vai ser passo a passo de novo, começando do zero. Não sei se eu vou ter tempo para isso, mas se houver uma oportunidade e eu conquistar meu espaço de novo, me credenciar, é possível sim", disse o brasileiro.

Anderson Silva também não fugiu das perguntas sobre o polêmico doping. Segundo o "Spider", a culpa de tudo é do suplemento que tomou. "Foi alguma coisa no suplemento. Todas as substâncias serão examinadas para saber o que realmente aconteceu, porque nem eu sei o que aconteceu, foi uma surpresa para mim também. E acho no que vem eu volto a lutar, o que seria o normal, pois eu só voltaria a lutar ano que vem mesmo", finalizou.

Leia tudo sobre: Anderson SilvaMMAUFC

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas