"As mulheres estão nessa, os homens estão nessa. Não sei o que pensar", disse o irlandês Conor McGregor, desafiante de José Aldo, referindo-se aos lutadores do Brasil

O lutador irlandês Conor McGregor, desafiante do brasileiro José Aldo no UFC 189, que acontecerá em julho, em Las Vegas, voltou a atacar o rival. Dessa vez, porém, ele foi além e quesionou os lutadores brasileiros de uma forma geral, dizendo muitos usam doping.

Leia mais: Discípulo de Sonnen, falastrão e nocauteador. Conheça Conor McGregor

"Me parece que é a cultura brasileira (se dopar). As mulheres estão nessa, os homens estão nessa... Não sei o que pensar", disse McGregor ao site MMA Junkie , durante entrevista em Los Angeles. "Mas a luta será em Vegas, e nós estamos em uma nova era. O esporte está sendo limpo".

Veja também:  Ela é brasileira, não luta e não desfila, mas faz os fãs do UFC babarem

Veja fotos do falastrão Conor McGregor, próximo adversário de José Aldo:

Recentemente, o brasileiro Anderson Silva testou positivo em dois exames antidoping  e teve cassada a vitória sobre Nick Dias no UFC 183. Anteriormente, a brasileira Chris Cyborg, hoje no Invicta, também foi flagrada, quando ainda lutava pelo Strikeforce. Ela perdeu o cinturão.

O campeão José Aldo, diante das acusações, respondeu na mesma moeda. "É ele que está usando substâncias proibidas. Não me surpreende que ele lute nesta categoria (peso pena). No país dele nem existe uma comissão para impor regras. Uma coisa que eu farei é pedir exame antidoping toda semana. Estou aqui para ser testado e provar que estou limpo".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.