O nome de maior impacto é o de Brian Bowles, ex-campeão do WEC e que chegou a ser pego no exame antidoping

Insatisfeito com o rendimento de alguns de seus atletas, o UFC resolveu demitir oito de lutadores de uma só vez. De acordo com informações do site "MMA Fighting", o chefe Dana White quer eliminar nomes que dão dores de cabeça para a organização e outros que não vem tendo performance no nível do evento.

E mais:  Campeã do UFC, Ronda Rousey posa para fotos sensuais. Veja o making of

O ex-campeão do WEC (World Extreme Cagefighting) Brian Bowles, que em seus quatro combates no UFC venceu dois, é um dos principais demitidos. Confira na galeria abaixo quais foram os lutadores dispensados - nenhum brasileiro está na barca.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.