Por doping, resultado da luta de Anderson Silva será anulado, diz comissão

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Em entrevista a jornal, diretor da Comissão Atlética de Nevada disse que prêmios do lutador também serão cancelados

Por doping de Nick Diaz e Anderson Silva, resultado da luta de sábado será anulado
Steve Marcus/Getty Images
Por doping de Nick Diaz e Anderson Silva, resultado da luta de sábado será anulado

O resultado da luta do último sábado entre Anderson Silva e Nick Diaz, em Las Vegas, pelo UFC, será anulado. A informação foi passada por Bob Bennett, diretor-executivo da Comissão Atlética de Nevada, em entrevista ao jornal "Folha de S. Paulo".

"Sim, (o resultado da luta) será alterado (de uma 'vitória para Anderson Silva') para 'sem resultado'", disse Bennett. Anderson Silva foi flagrado no exame antidoping após a luta por uso de substâncias proibidas no esporte.

É a comissão dirigida por Bennett o órgão regulador do esporte vinculado ao governo americano que detém o poder de alterar resultados de lutas de MMA e boxe em Nevada. Além de Silva, que teria usado anabolizantes, Diaz, seu oponente no combate, foi pego no doping por uso de maconha.

O dirigente também considera possível que Anderson Silva não deva receber os prêmios em dinheiro prometidos a ele pelo UFC em caso de vitória. O lutador embolsou mais de R$ 2 milhões por conta da luta

Anderson Silva se emociona ao vencer Nick Diaz no UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva tenta acertar o rosto de Nick Diaz no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva x Nick Diaz, luta principal do UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAlém de perder para Anderson Silva, o americano Nick Diaz deixou Las Vegas com o rosto bastante machucado. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva e Nick Diaz trocam golpes na luta principal do UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva acerta chute em Nick Diaz em sua volta ao UFC, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesTyron Woodley comemora vitória sobre Kelvin Gastelum no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAl Iaquinta acerta chute em Joe Lauzon no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesThales Leites nocauteia Tim Boetsch no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Thiago Alves comemora vitória por nocaute sobre Jordan Mein no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesMiesha Tate venceu Sara McMann, mas teve trabalho no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro John Lineker comemora vitória por pontos sobre o americano Ian McCall no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesDerek Brunson nocauteou Ed Herman em 36 segundos no card preliminar do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Rafael Sapo comemora vitória por pontos sobre o inglês Tom Watson no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Rafael Sapo tenta golpear o inglês Tom Watson no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesIldemar Marajó golpeia Rick Monstro em duelo brasileiro no card preliminar do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesThiago Marreta comemora nocaute sobre Andy Enz no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Thiago Marreta (à direita) golpeia Andy Enz na luta que abriu o UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty Images


"Não sei se ele receberá o bônus após a alteração do resultado. Isso é com o UFC. Mas uma porcentagem da sua bolsa deve ser retida por conta desse episódio de doping", disse Bennett.

Antes de oficializar a anulação do resultado da luta, a comissão atlética de Nevada vai ouvir Anderson Silva em audiência prevista para o dia 17 de fevereiro. O exame antidoping cujo resultado deu positivo foi realizado dia 9 de janeiro.

Leia tudo sobre: ufcanderson silvalutasdoping

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas