Em rede social, lutadores do UFC lamentam doping de Anderson Silva e Nick Diaz

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Chris Wade, Tim Kennedy e Cody Bollinger criticaram a atitude dos companheiros de octógono flagrados no exame

Depois de o exame antidoping atestar que Anderson Silva, ex-campeão dos médios do UFC, foi flagrado no exame antidoping realizado antes do duelo contra o americano Nick Diaz (também flagrado pelo uso de maconha), lutadores lamentaram o episódio nas redes sociais.

Anderson Silva após a luta com Nick Diaz
Steve Marcus/Getty Images
Anderson Silva após a luta com Nick Diaz

Leia tambémAnderson Silva é flagrado em teste antidoping por uso de anabolizante

Anderson Silva foi pego com metabólitos de drostanolona e androsterona antes da luta em Las Vegas, no último sábado.

Anderson Silva embolsa mais de R$ 2 milhões por vitória sobre Nick Diaz

"É enganar todas as facetas da humanidade e, portanto, todas as formas de manifestações esportivas. Eterna busca para obter vantagem", escreveu Chris Wade.

Tim Kennedy também se manifestou: "Eu disse que há um problema maior em nosso esporte. Parte o meu coração que o maior de todos os tempos tenha sucumbido à pressão".

Anderson Silva se emociona ao vencer Nick Diaz no UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva tenta acertar o rosto de Nick Diaz no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva x Nick Diaz, luta principal do UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAlém de perder para Anderson Silva, o americano Nick Diaz deixou Las Vegas com o rosto bastante machucado. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva e Nick Diaz trocam golpes na luta principal do UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva acerta chute em Nick Diaz em sua volta ao UFC, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesTyron Woodley comemora vitória sobre Kelvin Gastelum no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAl Iaquinta acerta chute em Joe Lauzon no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesThales Leites nocauteia Tim Boetsch no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Thiago Alves comemora vitória por nocaute sobre Jordan Mein no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesMiesha Tate venceu Sara McMann, mas teve trabalho no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro John Lineker comemora vitória por pontos sobre o americano Ian McCall no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesDerek Brunson nocauteou Ed Herman em 36 segundos no card preliminar do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Rafael Sapo comemora vitória por pontos sobre o inglês Tom Watson no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Rafael Sapo tenta golpear o inglês Tom Watson no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesIldemar Marajó golpeia Rick Monstro em duelo brasileiro no card preliminar do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesThiago Marreta comemora nocaute sobre Andy Enz no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Thiago Marreta (à direita) golpeia Andy Enz na luta que abriu o UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty Images

O americano Cody Bollinger, de 23 anos, opinou. "Maldita sujeira. Não quero olhar para nenhum deles esses dias. Danem-se, Silva e Diaz".

Este é o segundo escândalo de doping do UFC em 2015. Dias depois de sua vitória sobre Daniel Cormier, Jon Jones, campeão dos meio-pesados e grande nome do Ultimate, foi flagrado no doping pelo uso de cocaína. O presidente do UFC Dana White ainda não comentou o caso.

Leia tudo sobre: Anderson SilvalutasmmaUFCigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas