Thiago Marreta, Ildemar Marajó, Rafael Sapo, John Lineker, Thiago Alves e Thales Leites brilharam em Las Vegas

Anderson Silva não esperava incentivo maior para sua volta ao MMA. Nos combates que antecederam o encontro entre o Spider e o americano Nick Diaz, o evento principal do UFC 183, neste sábado, em Las Vegas, seis brasileiros saíram do octógono vencedores.

Leia: Anderson Silva controla ansiedade, vence Diaz por pontos e chora na volta ao UFC


No primeiro combate da noite, o peso-médio carioca Thiago Marreta precisou de menos de dois minutos para conseguir um nocaute técnico sobre o americano Andy Elz. Na sequência deveria ocorrer o embate entre Diego Brandão e Jimy Hettes, mas o adversário do brasileiro passou mal horas antes do início do UFC 183 e a luta foi cancelada. Ainda não foi informado o estado de saúde de Hettes.

Leia também: Weidman fratura a costela, e luta contra Belfort no UFC 184 é cancelada

O único embate entre compatriotas acabou sendo a luta mais frustrante da noite. Os médios Rick Monstro e Ildemar Marajó mais irritaram do que animaram o público presente em Las Vegas. Os brasileiros fizeram um combate amarrado, com poucos lances de emoção, o que gerou vaias da platéia. No primeiro round, Monstro conectou dois socos e teve vantagem na luta de chão, mas pouco aproveitou. A partir disso, a luta ficou arrastada. Após três assaltos, Marajó conquistou a vitória por decisão dividida dos jurados.

Coube a Rafael Sapo tentar resgatar o ânimo da galera, e ele conseguiu. O peso-médio dominou o combate contra o inglês Tom Watson. Pontuando tanto em pé quanto na luta de chão, ele venceu por decisão unânime dos jurados. Quem fechou a participação brasileira no card preliminar foi John Lineker. O peso-mosca, que na pesagem do UFC 183 não atingiu o limite da categoria (57,1kg), superou o americano Ian McCall também por pontos.

Na abertura do card principal, o meio-médio Thiago Alves passou sufoco, mas com um forte chute nas costelas no segundo round derrubou o canadense Jordan Mein para vencer. Já o peso-médio Thales Leites usou sua habilidade na luta de solo para finalizar o americano Tim Boetsch no segundo assalto, e fechar com mais um triunfo a participação da legião brasileira no UFC 183 antes do principal combate da noite.

Confira os resultados das lutas do UFC 183

Card principal
Peso-médio: Anderson Silva venceu Nick Diaz por pontos (decisão unânime)
Peso-meio-médio: Tyron Woodley venceu Kelvin Gastelum por pontos (decisão dividida)
Peso-leve: Al Iaquinta venceu Joe Lauzon por nocaute técnico no segundo round 
Peso-médio: Thales Leites venceu Tim Boetsch por finalização no segundo round
Peso-meio-médio: Thiago Alves venceu Jordan Mein por nocaute técnico no segundo round

Card preliminar* 
Peso-galo: Miesha Tate venceu Sara McMann por pontos (decisão majoritária)
Peso-médio: Derek Brunson venceu Ed Herman por nocaute técnico no primeiro round
Peso-mosca: John Lineker venceu Ian McCall por pontos (decisão unânime)
Peso-médio: Rafael Sapo venceu Tom Watson por pontos (decisão unânime)
Peso-médio: Ildemar Marajó venceu Rick Monstro por pontos (decisão dividida)
Peso-médio: Thiago Marreta venceu Andy Enz por nocaute técnico no primeiro round

* A luta entre Diego Brandão e Jimy Hettes foi cancelada antes do início do card.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.