Conor McGregor nocauteou Dennis Siver no segundo round do UFC em Boston e desafiou o brasileiro, campeão dos penas

Conor McGregor comemora sua quinta vitória no UFC
Jeff Bottari/Getty Images
Conor McGregor comemora sua quinta vitória no UFC

Conor McGregor, o irlandês falastrão do UFC, ganhou mais uma. O lutador peso-pena nocauteou o alemão Dennis Siver no segundo round do UFC Fight Night Boston e não parou por aí. McGregor mandou seu recado para José Aldo, ele pulou a grade do octógono para provocar o brasileiro.

Leia mais: Jon Jones quebra o silêncio e diz que não é viciado em cocaína

Marrento, o irlandês castigou o rosto de Siver desde o início da luta. Alternou chutes altos e socos diretos, que acuaram o alemão. No segundo round, acertou um cruzado de esquerda e derrubou seu rival. McGregor montou em Siver e golpeou até o juiz interromper o duelo. 

Com o fim do combate, foi a hora da provocação. O irlandês pulou a grade e avançou em direção a José Aldo, berrando. McGregor foi contido ao se aproximar do brasileiro, que ficou de pé, rindo do irlandês.

"Eu disse dois minutos, mas queria dizer dois rounds. Muita gente fala do que eu falo, mas ninguém fala da minha técnica e da minha habilidade. Nem lembro o que disse a Aldo, e não importa. Vou acabar com ele de qualquer maneira. Só quero que ele lustre o cinturão para deixá-lo bem brilhante para mim. Vou tomá-lo de você. Agora pode voltar para o Brasil", afirmou McGregor após a luta.

Apesar de falastrão, os números do irlandês impressionam. Ele chegou a sua quinta vitória em cinco lutas no UFC, quatro delas por nocaute. Ao todo são 15 nocautes em uma carreira de 16 vitórias e duas derrotas.

Veja o momento em que McGregor pula grade e provoca Aldo:


Tibau vence em decisão dividida e iguala Anderson Silva
Atleta brasileiro com mais lutas no UFC, 24 no total, o peso-leve Gleison Tibau venceu o irlandês Norman Parke em decisão dividida dos juízes no card principal e acabou com uma invencibilidade de 12 lutas do rival. De quebra, conquistou sua 16ª vitória no UFC, terceira maior marca da história do evento. Tibau está atrás de Georges St. Pierre (19), Matt Hughes (18), e se igualou a Anderson Silva, Chuck Liddell e Randy Couture. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.