Lutador capixaba aplica katagatame no americano Mike Rhodes e finaliza seu rival logo no primeiro round, em luta pelo card principal

Considerado uma promessa no UFC, Erick Silva alternava vitórias e derrotas no Ultimate e precisava convencer o público brasileiro. E o capixaba deu um verdadeiro show. Arrasador, finalizou o americano Mike Rhodes logo no primeiro round e levantou a torcida no Ginásio José Corrêa.

Assim que a luta começou, Erick logo partiu para cima e tentou uma cotovelada. Sabendo do bom desempenho de Rhodes na luta em pé, botou o rival para baixo e aplicou um belo katagatame, fazendo o americano dormir. A luta foi paralisada com pouco mais de um minuto do primeiro round. Quinta vitória do capixaba dentro do UFC e muita vibração em Barueri.

Nocauteado pelo sul-coreano Dong Hyun Kim em Barueri em 2013, Erick admitiu que devia uma vitória ao público da cidade. “Devia uma vitória principalmente aqui para Barueri. Dessa vez, consegui uma vitória para vocês. Muito obrigado aos meus fãs pelo apoio”, disse o capixaba, que ainda subiu na grade para comemorar a vitória com a torcida.

Fatalidade marca vitória de Sarafian
Na primeira luta do card principal, Daniel Sarafian precisava se recuperar de duas derrotas consecutivas e encarava o estreante Junior Alpha. Os dois logo partiram para a luta em pé e trocaram uma série de socos, o que levantou a torcida. Junior Alpha mandou um direto e derrubou Sarafian, que soube se defender no chão e impediu o nocaute.

O segundo round prometia um duelo ainda mais acirrado, mas uma fatalidade encerrou o combate. Junior Alpha teve um dedo da mão esquerda deslocado após tentar golpe na cabeça de Sarafian e a luta teve de ser paralisada. Vitória de Sarafian e anticlímax no Ginásio José Corrêa. Junior Alpha logo conseguiu colocar o dedo no lugar, mas não havia mais tempo. O público reconheceu o esforço e a fatalidade, aplaudindo o lutador baiano.

Russo tira invencibilidade de Elias Silvério
Embalado por três vitórias entre os leves, Elias Silvério teve tarefa difícil pela frente neste sábado e não conseguiu derrubar o russo Rashid Magomedov. Insistindo na luta em pé, os dois trocaram muitos chutes no primeiro round. O segundo começou melhor para o brasileiro, que fez o russo balançar com um direto. Mas foi só. O russo começou a encaixar bons golpes e contra-ataques e abriu um corte no supercílio de Elias.

O brasileiro partiu para cima no round derradeiro, mas levou a pior. Magomedov acertou um cruzado de esquerda, derrubou Elias e conseguiu um nocaute no último minuto de combate.

Cara de Sapato insiste no jiu-jitsu e perde para Cummins
Vencedor do TUF Brasil 3, Antonio Cara de Sapato não foi páreo para o wrestler americano Patrick Cummins, em luta dos meio-pesados. O paraibano, especialista no jiu-jitsu tentou aplicar chaves de perna e calcanhar, mas o rival soube se defender. Cummins, por sua vez, ficou por cima e tentava golpes no ground and pound. Dessa forma, foi mais incisivo e disparou uma série de socos no brasileiro, que praticamente não tentou a luta em pé, o que até gerou vaias do público.

No fim, vitória para Patrick Cummins, a terceira do americano no UFC, em decisão unânime dos juízes. Cara de Sapato contabiliza sua primeira derrota no Ultimate.

Card principal
Peso-médio: Lyoto Machida x CB Dollaway
Peso-galo: Renan Barão x Mitch Gagnon
Peso-meio-pesado: Patrick Cummins venceu Antonio Cara de Sapato em decisão unânime dos juízes
Peso-leve: Rashid Magomedov venceu Elias Silvério por nocaute no terceiro round
Peso-meio-médio: Erick Silva venceu Mike Rhodes por finalização no primeiro round
Peso-médio: Daniel Sarafian venceu Junior Alpha por nocaute no segundo round

Card preliminar
Peso-meio-pesado: Marcos Pezão venceu Igor Pokrajac por nocaute no primeiro round
Peso-pena: Renato Moicano venceu Tom Niinimaki por finalização no segundo round
Peso-pena: Hacran Dias venceu Darren Elkins em divisão dividida dos juízes
Peso-galo: Leandro Issa venceu Ulka Sasaki por finalização no segundo round
Peso-meio-médio: Tim Means venceu Marcio Lyoto em decisão dividida dos juízes
Peso-médio: Vitor Miranda venceu Jake Collier por nocaute no primeiro round

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.