Discreto lutador mineiro encara Jon Jones, neste sábado, em Baltimore. Americano já venceu quatro brasileiros no UFC

Glover (esq.) aposta em sua mão pesada para vencer Jon Jones
Getty Images
Glover (esq.) aposta em sua mão pesada para vencer Jon Jones

Azarão nas casas de apostas pelo mundo, Glover Teixeira tem uma tarefa árdua pela frente neste sábado. O mineiro encara Jon Jones, considerado um exterminador de brasileiros, na luta principal do UFC 172, que será realizado em Baltimore, nos Estados Unidos. O americano já venceu quatro lutadores do país no Ultimate e busca a sua quinta vítima.

Leia mais: Conheça Glover Teixeira, o ex-imigrante ilegal que desafia o trono de Jon Jones

O primeiro a conhecer o poder de destruição de Jon Jones foi André Gusmão, na estreia do americano no UFC. Em 2008, o brasileiro foi alvo das famosas e temidas cotoveladas giratórias de Jones. O atual campeão dos meio-pesados venceu na decisão unânime dos juízes.

Jon Jones acumulou vitórias e ganhou o direito de ser o desafiante ao título de categoria. Pela frente, Mauricio Shogun Rua. O americano dominou o duelo e conseguiu um nocaute técnico no terceiro round.


A partir daí, vem enfileirando rivais e teve mais dois brasileiros em seu caminho. Em 2011, minou Lyoto Machida, abrindo um corte profundo na testa do adversário durante a luta. No fim, Jones encaixou uma guilhotina em pé e conseguiu finalização espetacular contra o brasileiro, que caiu desacordado no octógono.

Vitor Belfort foi o atleta do país que deu mais trabalho para Jon Jones. O lutador carioca encaixou uma chave de braço e ficou perto de vencer o americano, ainda no primeiro round. Belfort não aproveitou a chance e foi castigado nos outros assaltos, até ser vítima de uma chave americana no quarto round. 

Glover acerta boa sequência no ground and pound e nocauteia Bader em Belo Horizonte
Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Images
Glover acerta boa sequência no ground and pound e nocauteia Bader em Belo Horizonte

Agora é a vez de Glover Teixeira. O discreto lutador mineiro, desconhecido do público, busca encerrar a freguesia brasileira e tirar o reinado de Jon Jones. Para passar pelo americano, Glover aposta em seu boxe e poder de nocaute.

“Vou tentar encurtar a distância, com certeza. Não posso ficar longe dele, porque sou menor. O jogo de MMA é completo, com variações de wrestling e boxe. Meu poder de nocaute é o que mais me deixa confiante para esta luta, sei que posso fazer a combinação entre as artes marciais”, disse Glover Teixeira.

A mão pesada de Glover, elogiada até por Mike Tyson, lhe rendeu um cartel invejável. São 22 vitórias e apenas duas derrotas. Pelo UFC, o brasileiro está invicto, com cinco vitórias. Além disso, não perde desde 2005.

A envergadura e as cotoveladas giratórias de Jon Jones são destruidoras, mas a mão pesada de Glover Teixeira ameaça o trono do americano do UFC. Resta ver, neste sábado, se a freguesia será ampliada ou se teremos um novo campeão no Ultimate.

O canal Combate transmite o UFC 172 ao vivo, a partir das 20h30 (horário de Brasília) deste sábado.

UFC 172

Card principal
Peso-meio-pesado: Jon Jones x Glover Teixeira
Peso-meio-pesado: Phil Davis x Anthony Johnson
Peso-médio: Luke Rockhold x Tim Boetsch
Peso-leve: Jim Miller x Yancy Medeiros
Peso-pena: Max Holloway x Andre Fili

Card preliminar
Peso-mosca: Joseph Benavidez x Tim Elliott
Peso-leve: Takanori Gomi x Isaac Vallie-Flagg
Peso-galo: Jessamyn Duke x Bethe Correia
Peso-leve: Danny Castillo x Charlie Brenneman
Peso-galo: Chris Beal x Patrick Williams

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.