Lutador brasileiro ficou com o rosto praticamente deformado após levar surra de Cain Velásquez, enquanto Diego Sanchez teve corte profundo no supercílio esquerdo

O UFC 166, realizado em Houston, no último fim de semana ficou marcado pelas lutas sagrentas. O brasileiro Junior Cigano apanhou de Cain Velásquez e derramou muito sangue no octógono montado no Toyota Center, em Houston, nos EUA. Cigano ficou com o rosto deformado após sofrer cortes no supercílio direito e na orelha esquerda. Já no melhor combate da noite, Diego Sanchez fez luta intensa e agressiva em pé diante de Gilbert Melendez. Ele perdeu em decisão unânime dos juízes e teve um corte profundo no supercílio esquerdo.

Leia mais: Velásquez dá nova surra em Cigano e mantém o cinturão dos pesados do UFC

Confira cortes sangrentos da história do UFC:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.