Toquinho perde bolsa por falta de fair play e sul-coreano tem melhor nocaute

Por Mauricio Nadal - enviado iG a Barueri |

compartilhe

Tamanho do texto

Brasileiro segurou a perna de Mike Pierce após o árbitro interromper a luta e não levou o prêmio de melhor finalização

William Lucas/inovafoto
Rousimar Toquinho encaixa uma chave de perna em Mike Pierce para vencer em Barueri

Após se recuperar de duas derrotas e afastar a chance de demissão do UFC com a vitória sobre Mike Pierce, Rousimar Toquinho ficou sem o prêmio de melhor finalização da noite por falta de fair play.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

O lutador brasileiro demorou para largar o calcanhar do americano, depois do árbitro interromper o combate. Toquinho aplicou a chave no tornozelo de Pierce, o rival deu os famosos três tapinhas que demonstram a desistência, mas o brasileiro ainda segurou a perna do oponente por mais alguns segundos.

Leia mais: Toquinho usa arma fatal, finaliza em 31 segundos e se recupera no UFC

Erick Silva fica desacordado no octógono após ser nocauteado por Dong Hyun Kim em Barueri. Foto: William Lucas/inovafotoDemian Maia (à direita) e Jake Shields fizeram a luta principal do UFC em Barueri. Foto: William Lucas/inovafotoJake Shields é declarado vencedor do combate contra Demian Maia no UFC Fight Night, em Barueri. Foto: Wagner Carmo/inovafotoErick Silva é golpeado na derrota para Dong Hyun Kim por nocaute no UFC em Barueri. Foto: Gaspar Nóbrega/InovafotoRousimar Toquinho encaixa uma chave de perna em Mike Pierce para vencer em Barueri. Foto: William Lucas/inovafotoThiago Silva tenta golpear Matt Hamill em luta pelo card principal do UFC Fight Night em Barueri. Foto: Wagner Carmo/inovafotoFábio Maldonado (à esquerda) sofre com golpes de Joey Beltran no card principal do UFC em Barueri. Foto: Gaspar Nóbrega/InovafotoRaphael Assunção é golpeado por TJ Dillashaw em luta do UFC Fight Night, em Barueri. Foto: Gaspar Nóbrega/InovafotoTJ Dillashaw ficou com o rosto bastante ferido na luta com Raphael Assunção, pelo UFC Fight Night, em Barueri. Foto: Gaspar Nóbrega/InovafotoO americano Chris Cariaso acerta chute no brasileiro Iliarde Santos no card preliminar em Barueri. Foto: Gaspar Nóbrega/InovafotoYan Cabral golpeia David Mitchell em combate do card preliminar do UFC Fight Night em Barueri. Foto: Gaspar Nóbrega/InovafotoIgor Araujo comemora vitória sobre Ildemar Alcantara em lutas válida pelos meio-médios em Barueri. Foto: Gaspar Nóbrega/InovafotoLance do combate entre o americano Chris Cariasso e o brasileiro Iliarde Santos (à esquerda) em Barueri. Foto: William Lucas/inovafotoO brasileiro Alan Patrick pressiona Garett Whiteley na grade em combate do UFC em Barueri. Foto: Wagner Carmo/inovafotoAlan Patrick venceu Garett Whiteley na categoria peso leve na abertura do card preliminar do UFC Barueri. Foto: Inovafoto


Toquinho é reincidente no caso, pois já fez isso em outras três oportunidades. “Obviamente, há uma história com o Toquinho, ele segurou algumas finalizações no passado um pouco longo demais. Dana White reagiu fortemente a isso e a comissão reagiu fortemente a isso. Decidimos pelo bom senso de não dar um bônus até que a comissão decida. Acho que depois de Dana e outros executivos reverem, vamos ter uma decisão oficial", disse Marshall Zelaznik, diretor-executivo do UFC.

Sul-coreano leva prêmio por nocaute em Erick Silva

O prêmio de nocaute da noite foi conquistado pelo sul-coreano Dong Hyun Kim, que venceu Erick Silva com um overhand sensacional no segundo round da segunda luta mais importante da noite.

E ainda: Demian perde em casa e decepciona fãs. Erick leva nocaute impressionante

Já o brasileiro Raphael Assunção e o americano TJ Dillashaw, que realizaram a primeira luta do card principal, pelos galos, levaram o prêmio de melhor combate da noite. O brasileiro venceu por decisão dividida, depois de luta equilibrada.

Leia tudo sobre: ufcufc barueritoquinhonocaute

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas