Após nocaute espetacular, Cigano ganha confiança para surpreender Velásquez

Por João Pontes - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Em entrevista ao iG, o lutador brasileiro disse que a vitória contra Mark Hunt deu confiança para explorar novas armas na disputa pelo cinturão

Getty Images
Cigano acerta chute que derrubou Hunt no UFC 160

Apontado como o melhor lutador de boxe do UFC, Junior Cigano provou que não depende apenas dos socos para derrotar seus adversários. Após nocautear o neozelandês Mark Hunt com um chute espetacular, o lutador brasileiro ganhou confiança para explorar novas armas na disputa pelo cinturão dos pesos pesados, contra o norte-americano Cain Velásquez.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“O combate contra o Hunt foi muito importante para recuperar a confiança. Felizmente, o desfecho da luta foi melhor do que o esperado. Na derrota contra o Velásques, eu aprendi que preciso usar todas as minhas armas para vencer a luta. Estou treinando muito chão, chute e wrestling. O problema é que antes eu não me sentia confortável para usar essas armas. Agora, estou muito confiante para fazer esses ajustes no meu jogo”, disse Cigano, em entrevista ao iG.

Confira a trajetória do brasileiro Junior Cigano no UFC:

Cigano posa ao lado da nova namorada e da família. Foto: Reprodução/InstagramDesconhecido do público, Cigano estreou no UFC contra o experiente Fabrício Werdum. Foto: Getty ImagesCigano conseguiu o nocaute no primeiro round e surpreendeu o mundo das lutas. Foto: Getty ImagesEm sua segunda luta, o brasileiro encarou o "gigante" Stefan Struve e venceu em 54s. Foto: Getty ImagesJunior Cigano sempre teve Minotauro como mentor. Foto: DivulgaçãoEm seguida foi a vez da lenda Mirko Cro Cop encarar Cigano e acabar derrotado no 3º round. Foto: Getty ImagesCigano realizou outro rápido duelo contra Gilbert Yvel com mais um nocaute no 1º assalto. Foto: Getty ImagesJá respeitado pelo grande público, Cigano encarou Gabriel Napão em sua 4ª luta no UFC. Foto: Getty ImagesResultado: novo nocaute no primeiro assalto. O brasileiro estava perto do topo do UFC. Foto: Getty ImagesJunior dos Santos não nocauteou, mas aplicou uma surra em Nelson em toda a luta. Foto: Getty ImagesApós Nelson, Cigano encarou Shane Carwin e desfigurou o rotso do americano. Foto: Arte iGFoi então que Cigano disputou o título dos pesados contra Cain Velásquez e conseguiu o nocaute em apenas 64 segundos. Foto: APJunior Cigano é decretado o novo campeão da categoria mais pesada do UFC. Foto: UFCCigano mostra o cinturão para os fãs . Foto: Divulgação/UFCCigano e o técnico Dórea no carro dos bombeiros. Foto: Divulgação/UFCA primeira defesa do cinturão foi contra Frank Mir, em maio. Foto: Getty ImagesCigano vai pra cima de Frank Mir e vence por nocaute no 2º round. Foto: Getty ImagesCigano também foi contratado pelo Corinthians, assim como Anderson Silva. Foto: DivulgaçãoNa revanche contra Velásquez, Cigano levou uma surra.... Foto: Getty Images... e perdeu o cinturão após apanhar durante cinco rounds. Foto: APApós sofrer a primeira derrota no UFC, Cigano deu a volta por cima com um belo nocaute contra Mark Hunt. Foto: Getty ImagesPor causa da vitória, o brasileiro vai lutar pelo cinturão contra Velásquez. Foto: Getty Images

Além de explorar novas armas, o lutador brasileiro destacou que pretende usar uma estratégia de luta diferente da utilizada no último duelo contra Velásquez. “Eu acho que dei muito espaço para o Velásquez. Ele se sentiu confortável e isso é perigoso. Tenho que evitar isso na próxima disputa de cinturão. A ideia é colocar a pressão que ele costuma usar contra os adversários. Eu admiro muito ele como atleta. O Velásquez tem um condicionamento físico invejável para um peso pesado”, destacou Cigano.

Leia mais: Cigano e Velásquez vão lutar pela 3ª vez. Veja as grandes trilogias do MMA

Segundo o ex-campeão dos pesados, o combate contra Cain Velásquez será disputado ainda neste ano. “Eu estou imaginando que deve ser no fim de outubro ou em novembro. Na última entrevista do Dana White, ele falou que a luta será antes de dezembro. Acho que novembro seria o mês ideal. Eu preciso de três meses para me preparar”, explicou.

Getty Images
Cigano e Velásquez vão lutar pela terceira vez

A princípio, Junior Cigano vai iniciar o treinamento na academia de MMA do Corinthians. Depois, ele pretende encerrar a preparação em Salvador. Durante esse período, a equipe do lutador brasileiro deve contratar alguns sparrings especialistas em wrestler para simular o jogo de Velásquez.

Veja também: Pedido de Mike Tyson faz Cigano perder prêmio de R$ 100 mil

Junior Cigano e Cain Velásquez vão se enfrentar pela terceira vez. No primeiro duelo em novembro de 2011, o brasileiro conquistou o cinturão dos pesados após nocautear o rival logo no primeiro round. No entanto, em dezembro do ano passado, Velásquez deu o troco em grande estilo. O norte-americano atropelou Cigano durante cinco rounds e retomou o cinturão em decisão unânime dos árbitros.

Leia tudo sobre: UFCCiganoCain VelásquezMMAlutascinturão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas