Pezão dá show, surpreende Overeem com nocaute e levanta arena

Por Rodrigo Farah - enviado iG a Las Vegas (EUA) | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Paraibano cumpriu a promessa e venceu com um nocaute impressionante no terceiro round

José Aldo enfrenta Frankie Edgar em Las Vegas. Foto: Getty ImagesJose Aldo enfrenta Frankie Edgar durante disputa pelo cinturão dos penas em Las Vegas. Foto: Getty ImagesMinotouro vence Rashad Evans em decisão unânime dos jurados do meio-pesados. Foto: Getty ImagesAntonio Silva soca Alistair Overeem . Foto: Getty ImagesDemian Maia (topo) tenta imobilizar Jon Fitch . Foto: Getty ImagesJoseph Benavidez soca Ian McCall durante luta em Las Vegas. Foto: Getty ImagesEvan Dunham vence o brasileiro Gleison Tibau na decisão dividida dos jurados (29-28, 28-29 e 29-28) pelo peso leve. Foto: Getty ImagesEvan Dunham soca Gleison Tibau durante luta de peso leve. Foto: Getty ImagesTyron Woodley nocauteia Jay Hieron aos 0'36 do 1º round pelos meio-médios. Foto: Getty ImagesTyron Woodley soca Jay Hieron durante confronto de peso meio médio. Foto: Getty ImagesBobby Green finaliza Jacob Volkmann com um mata-leão aos 4'25 do 3º round do peso leve. Foto: Getty ImagesJacob Volkmann (parte inferior) tenta imobilizar Bobby Green durante luta de peso leve. Foto: Getty ImagesIsaac Vallie-Flagg vence Yves Edwards em  decisão dividida dos jurados (29-28, 28-29 e 29-28). Foto: Getty ImagesYves Edwards chuta Isaac Vallie-Flagg durante a luta de peso leve. Foto: Getty ImagesFrancisco Rivera venceu Edwin Figueroa por nocaute no 2º round. Foto: Getty ImagesRivera dispara chute alto no adversário. Foto: Getty ImagesDuelo entre Francisco Rivera e Edwin Figueroa abriu o UFC 156. Foto: UFC

Antônio Pezão disse e mostrou a todos que uma luta não se vence fora do octógono. Apontado como um dos maiores azarões do UFC 156, o paraibano deu um show à parte neste sábado à noite. Ele aplicou uma bela sequência de socos no terceiro round e conseguiu uma vitória impressionante sobre o franco favorito Alistair Overeem, chocando a Mandalay Bay Arena, em Las Vegas.

O que você achou da vitória de Antônio Pezão? Opine com outros fãs do UFC

“A luta se ganha dentro do octógono e não fora. Ele falou muita m... Mas eu acreditei em mim. Ele me desrespeitou demais e eu disse que faria ele me respeitar”, comemorou o brasileiro, lembrando aindaque Overeem passou boa parte da luta com a guarda baixa, sem temer os ataques do paraibano.

Veja também: José Aldo dá surra em Edgar e confirma festa brasileira no UFC 156

Getty Images
Antonio Silva, o Pezão, soca Alistair Overeem durante a luta

Os dois desafetos entraram no octógono para resolver uma rusga antiga. Eles já vinham se provocando há meses nos bastidores e voltaram a se atacar durante as encaradas promocionais do combate. Overeem chegou a afirmar que seu adversário não lhe apresentava nenhum risco e que poderia vencer quando bem entendesse. Só que isso esteve longe de acontecer nesta noite.

Confira ainda: Demian Maia domina Jon Fitch e vence sob gritos de “jiu-jitsu”

Confiante em pé, Overeem começou a luta fintando e tentando enganar o brasileiro. Ele baixou a guarda e tentou forçar os ataques do oponente. Pezão, por sua vez, fez o máximo para derrubar o rival, mas não levou a melhor quando os dois ficaram presos no clinch.

Mais ofensivo, Overeem aplicou bela queda no paraibano no meio do segundo round e ficou no topo. Foi só nos instantes finais do assalto que Pezão finalmente encaixou bons golpes que deixaram o adversário alerta.

Já no terceiro assalto, o brasileiro mostrou muito mais confiança e se soltou. Foi então que ele encaixou uma grande série de socos e mandou Overeem direto para a lona apagado. Em seguida, ele desabafou e começou a berrar no ouvido do seu oponente, que ainda estava completamente atordoado no chão.

Leia tudo sobre: ufc 156pezãolas vegas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas