Assuério Silva levou sete tiros quando deixava sua academia, no bairro de Santa Felicidade, na última terça-feira

Na última terça-feira, o peso pesado Assuério Silva levou sete tiros quando deixava sua academia, no bairro de Santa Felicidade, em Curitiba. Socorrido pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência, o ex-lutador do UFC foi levado ao Hospital Cajuru.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Assuério (à esquerda) leva soco de Brandon Vera no UFC
Getty Images
Assuério (à esquerda) leva soco de Brandon Vera no UFC

Segundo a assessoria de imprensa do Hospital Cajuru, nenhuma das balas perfurou qualquer órgão de Assuério Silva. Em conversa com a Polícia Militar, o lutador de 38 anos disse que o autor da tentativa de assassinato foi um ex-sócio, de nome Róbson Freitas.

Com um cartel de 15 vitória e oito derrotas no MMA, Assuério Silva disputou três lutas no UFC e sofreu três derrotas, contra Tim Sylvia, Cheick Kongo e Brandon Vera. Além do UFC, o brasileiro também lutou no lendário Pride.

Leia mais: Empresário de Anderson Silva elogia Cung Le e faz apelo por luta no Brasil

No começo da carreira, quando representava a Academia Chute Boxe, Assuério Silva foi companheiro de treino de grandes nomes do esporte como Anderson Silva, Wanderlei Silva e Mauricio Shogun Rua.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.