Brasileiro campeão dos pesados do UFC disse que prefere enfrentar atletas feitos na academia do que feitos no laboratório

Junior Dos Santos não quer saber de nenhuma polêmica com Cain Velásquez antes da revanche marcada para o dia 29 de dezembro, em Las Vegas. Em uma teleconferência nesta quarta-feira, o campeão dos pesados do UFC elogiou a postura do desafiante fora do octógono e aproveitou para voltar a provocar o desafeto Alistair Overeem.

Quem você acha que vai ganhar: Cigano ou Velásquez? Opine com outros fãs

Cain Velásquez e Junior Cigano se encaram antes da primeira luta
Getty Images
Cain Velásquez e Junior Cigano se encaram antes da primeira luta

“Prefiro lutar contra atletas limpos, verdadeiros profissionais como o Cain. Será um grande desafio, sei que ele é muito duro. Uns preferem treinar e outros preferem falar. Mas caras como nós são feitos na academia e outros no laboratório”, comentou Cigano, em menção à suspensão recente de Alistair Overeem pelo uso de doping.

Veja também:  Cigano diz que é o homem mais malvado do planeta no trailer do UFC 155

A princípio, Cigano deveria enfrentar o holandês no meio do ano. Mas como o desafiante apresentou níveis altíssimos de testosterona, ele recebeu suspensão até o fim do ano que impediu o combate. Desde então, os dois têm trocado uma série de provocações nos bastidores .

Confira ainda:  Cigano chama Overeem de vergonha e avisa: ‘sua hora vai chegar’

O assunto é bem diferente em relação a Cain Velásquez, que recebeu uma série de elogios do brasileiro. “Ele é um grande cara, muito profissional, e não precisa ficar provocando os outros. Além disso, é o número 2 do mundo com certeza. Estou contente por enfrentá-lo novamente”.

Blog da Redação: UFC lança poster da primeira luta entre mulheres da sua história

Na primeira vez que se encontraram, Cigano precisou de apenas 64 segundos para conseguir o nocaute sobre o oponente e sagrar-se campeão do Ultimate. “Desta vez, ambos estão 100% e sem lesões. Vamos entrar com tudo e espero que o resultado seja diferente”, opinou Velásquez.

O UFC 155 está marcado para o dia 29 de dezembro, no casino MGM Grand, em Las Vegas. Além da disputa do cinturão dos pesados, o evento não contará com outros combates envolvendo brasileiros. O show terá transmissão ao vivo do canal Combate, no pay-per-view.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.