Sem papas na língua, Bisping também questionou Anderson Silva. Segundo o lutador inglês, o campeão peso-médio do UFC não quer defender o cinturão

Michael Bisping tem boas chances de enfrentar Anderson se vencer Belfort em São Paulo
Getty Images
Michael Bisping tem boas chances de enfrentar Anderson se vencer Belfort em São Paulo

Michael Bisping parece não estar muito preocupado em enfrentar o brasileiro Vítor Belfort na luta principal do UFC São Paulo, dia 19 de janeiro, no Ginásio do Ibirapuera. Nesta quinta-feira, o lutador inglês não perdeu a oportunidade de provocar seu próximo adversário.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Não vai ser fácil, nós lutaremos no Brasil e Vítor bate muito forte. Mas acho que vou ser uma tempestade. Ele será meu saco de pancadas”, disparou, em entrevista ao site "MMA Fighting".

Leia mais:  De olho em disputa pelo cinturão, Lyoto mira vitória contra Henderson

Sem papas na língua, Bisping também questionou Anderson Silva. Segundo o lutador inglês, o campeão peso-médio do UFC não quer defender o cinturão e só pensa em desafios com lutadores de outras categorias.

“Sua última luta foi pelos meio-pesados, e sua próxima, provavelmente, será em peso combinado. Quando ele vai lutar pelo peso-médio? Todos os lutadores querem conquistar o título mundial um dia. Trabalhamos muito e nos sacrificamos por isso, mas nada acontece se Anderson não defender seu cinturão”, disse.

Veja também:  Adriana Araújo rejeita convite do MMA por novo pódio no Rio 2016

Por causa dessa situação envolvendo Anderson Silva, Bisping acha que o duelo contra Vitor Belfort deveria valer o cinturão interino do peso-médio. “O campeão tem que defender seu título, ou deixá-lo vago, para quando voltar, ganhar a chance de reconquistá-lo. Eu acho que eu e Vitor deveríamos lutar pelo cinturão interino. Isso movimentaria a categoria, que está mais parada do que nunca porque o seu campeão não defende o cinturão", argumentou.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.