‘Durão’, Bonnar promete levar Anderson Silva ao limite na raça

Em entrevista ao iG, “Psicopata Americano” afirmou que manterá o recorde de nunca ter sido nocauteado após o UFC Rio

Rodrigo Farah - enviado iG ao Rio de Janeiro |

Se depender do histórico do adversário, Anderson Silva terá grandes dificuldades para acabar com a luta antes do fim do último round. Apesar de ser um azarão histórico, Stephan Bonnar chega para a disputa do UFC Rio 3 com o status de lutador mais duro do Ultimate, sem nunca ter sido nocauteado ou finalizado em todos os 21 combates da carreira.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Getty Images
Bonnar vai enfrentar Anderson Silva no próximo sábado

Conhecido como “Psicopata Americano” pelo estilo destemido dentro do octógono, Bonnar aguenta socos como poucos. O atleta já sofreu uma série de castigos dentro do octógono e nunca foi parado: suas duas únicas derrotas que não foram por pontos aconteceram devido a interrupções médicas por conta de cortes na cara.

Infográfico: números dão ampla vantagem a Anderson Silva contra Stephan Bonnar

“Desde a infância, nunca tive muito talento para nada. Nunca fui o melhor no que eu fazia, mas sempre aguentei porrada. Já fui atingido por caras maiores e mais fortes que o Anderson e nunca parei por causa disso. Recebi muitos golpes e continuei indo para cima. Será assim no sábado, não importa o quanto ele me atingir. Ele vai ter que fazer o seu máximo para me derrotar”, prometeu o atleta em entrevista ao iG .

Stephan Bonnar se tornou famoso ao protagonizar a primeira temporada do reality show “The Ultimate Fighter” ao lado de Forrest Griffin. Os dois fizeram a final do programa em um dos combates mais abertos da história do torneio, que é considerado o grande responsável pelo crescimento do Ultimate nos Estados Unidos.

Leia mais:  Americanos ironizam gritos de ‘vai morrer’ e buscam paz com brasileiros

“O Bonnar é um cara muito importante, faz parte da história do UFC. Além disso, é um cara muito perigoso, pois é bom em todas as áreas. Ele também aguenta golpes como ninguém, é muito resistente. Preciso tomar muito cuidado para não ser surpreendido com nada que ele fizer”, analisou Anderson Silva.

Além do queixo duro, Stephan Bonnar também é conhecido por outra característica nos bastidores do UFC: ele é um dos atletas mais brincalhões do torneio. “Posso ser parecido com o Chael Sonnen, mas não sou como ele. Não gosto de ser visto como o malvadão”, ressaltou.

Veja também:  Anderson diz que vai lutar no UFC Rio para saldar dívida com o Brasil

O UFC Rio 3 está marcado para este sábado à noite, na Arena HSBC. O card preliminar começará às 20h, enquanto o card principal será disputado às 23h. O evento protagonizado por Anderson Silva e Stephan Bonnar contará com transmissão por pay-per-view do canal Combate. A Rede Globo também transmitirá o show a partir das 0h40.


Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: UFClutasStephan BonnarAnderson Silva

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG