Sarah participa do Mundial de Salvador para retomar ritmo após festa

Medalha de ouro em Londres, judoca está na seleção brasileira que disputará a competiçaõ em novembro

Gazeta |

AFP
Sarah Menezes e medalha de ouro conquistada em Londres 2012

O período de comemorações da medalha de ouro conquistada nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 chegou ao fim para a judoca Sarah Menezes. A piauiense é uma das estrelas da Seleção Brasileira no Mundial por Equipes de Salvador, que ocorre no fim de novembro, e vê a competição como a oportunidade para retomar a rotina e se manter em alto nível técnico e físico.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Sarah integra o time nacional feminino, comandado por Rosicleia Campos, ao lado de Érika Miranda (52kg), Ketleyn Quadros e Flavia Gomes (57kg), Rafaela Silva e Katherine Campos (63kg), Maria Portela e Nádia Merli (70kg) e Suelen Altheman e Rochele Nunes (+70kg). A equipe masculina, treinada por Luiz Shinohara tem Leandro Cunha e Luiz Revite (66kg), Bruno Mendonça e Marcelo Contini (73kg), Leandro Guilheiro e Victor Penalber (81kg), Tiago Camilo e Henrique Silva (90kg) e Rafael Silva e Davi Moura (+90kg). "É sempre importante estar competindo com nossos adversários, porque é através desse encontro que a gente mantém a autoestima e a confiança de estar treinando. Você acaba vendo como pode ter grandes resultados", afirmou a judoca, eleita melhor atleta feminina no prêmio Sport Life. "Como atleta, tenho que continuar treinando para conquistar medalhas novamente", completou.

Leia mais: Sarah Menezes aproveita estrelato e vida de celebridade após ouro olímpico

Para Sarah, a competição na Bahia é importante para não deixar as comemorações ultrapassarem o tempo devido. Mas para alguns de seus companheiros de Seleção, o Mundial representa a chance de se recuperar após frustrações nos Jogos Olímpicos de Londres-2012.

A principal decepção nacional nos tatames da capital inglesa foi Leandro Guilheiro, que chegou a Londres como líder do ranking mundial e favorito ao ouro. No dia da competição, no entanto, lutou de forma apática e acabou eliminado nas quartas de final.

"É ruim ir às Olimpíadas e não conquistar medalha, mas faz parte do esporte. Você tem vitórias e derrotas e com certeza sempre existe uma lição tanto para o ganhador, quanto para o perdedor. Nas próximas competições, o atleta vai entrar com outra forma", avaliou a piauiense.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: sarah menezesouromundialsalvadorritmocompetiçãofestalondres 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG