Lutador do UFC é preso pela manhã e pode não lutar nesta sexta

Jeremy Stephens foi para a cadeia acusado de um crime não revelado, mas deverá enfrentar Yves Edwards nesta noite

iG São Paulo | - Atualizada às

Getty Images
Jeremy Stephens foi preso pela polícia de Minneapolis no hotel do UFC

O UFC on FX desta sexta-feira  pode perder mais um combate. O lutador Jeremy Stephens foi preso nesta manhã pela polícia de Minneapolis e pode não comparecer no duelo contra Yves Edwards nesta noite. O motivo da prisão do atleta ainda não foi revelado.

O que você acha desta notícia? Comente com outros torcedores de UFC

Apesar do acontecimento, o presidente do UFC, Dana White, reiterou que Jeremy participará do show normalmente. “Não dê ouvidos à mídia! Ninguém nunca disse que Jeremy não lutará. Ele lutará!”, esbravejou o dirigente em seu Twitter.

Veja também: Brasileiros fazem ‘aquecimento’ para UFC Rio em busca de afirmação

Apesar dos 26 anos, Stephens já pode ser considerado um veterano do UFC, pois conta com um total de 14 lutas no torneio, com direito a vitórias sobre atletas como Rafael dos Anjos e Marcus Davis. Em suas últimas aparições, no entanto, ele somou duas derrotas consecutivas, contra Anthony Pettis e Donald Cerrone.

Confira ainda:  Dana White cancela luta após rival de brasileiro não bater o peso

Na última quinta-feira, o card do UFC on Fox contou com uma baixa, quando o rival do brasileiro Thiago Tavares, Dennis Hallmann, apareceu com mais de 3 kg acima do limite dos 70 kg da categoria leve.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: UFCDana White

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG