O combate contra o perigoso lutador norte-americano será o grande desafio da carreira do brasileiro Erick SIlva

Erick Silva treina com Anderson em praia do Rio de Janeiro
Clayton Militão - Photo Rio News
Erick Silva treina com Anderson em praia do Rio de Janeiro

Erick Silva está em alta no UFC. Apontado como uma das grandes revelações da categoria meio-médio, o brasileiro foi confirmado no card principal do UFC 153. No dia 13 de outubro, na terceira edição do evento no Rio de Janeiro, ele vai enfrentar o perigoso Jon Fitch.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O lutador norte-americano é considerado um dos melhores wrestler do Ultimate. Com apenas quatro derrotas em 29 lutas na carreira, Fitch foi durante alguns anos o segundo melhor lutador da categoria dominada pelo canadense George Saint Pierre.

Por isso, a luta no UFC 153 será o grande desafio da carreira do brasileiro. Em caso de vitória, Erick Silva vai colocar seu nome entre os tops da categoria e ficar próximo de uma disputa pelo cinturão.

Na última luta, Erick finalizou Charlie Brenneman
Getty Images
Na última luta, Erick finalizou Charlie Brenneman

Leia mais:  Dana recua e diz que Lyoto pode lutar pelo título se vencer neste sábado

Pupilo de Anderson Silva, Erick vai disputar a quarta luta no principal campeonato de MMA do mundo. Ele estreou no UFC 134 e nocauteou Luis Ramos aos 40 segundos do primeiro round. Depois, no UFC 142, nocauteou Carlo Prater com apenas 29 segundos de luta.

Porém, o árbitro Mario Yamasaki alegou que Erick acertou socos na nuca do adversário e desqualificou a vitória. A decisão de Yamasaki gerou muita polêmica: o replay da luta mostrou que Erick não acertou os golpes ilegais e até Dana White pediu desculpas pelo erro grosseiro.

Veja também:  Belfort lança livro e se emociona com drama do desaparecimento da irmã

O último desafio do brasileiro foi UFC on FX 3, em junho. Na segunda luta mais importante da noite, ele finalizou o norte-americano Charlie Brenneman ainda no primeiro round.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.