Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Renan Barão vence Faber por pontos e conquista cinturão dos galos do UFC

Em outro combate muito esperado do UFC 149, cubano Hector Lombard decepcionou e foi derrotado logo na estreia

iG São Paulo | - Atualizada às

AP
Renan Barão solta o grito após vencer o norte-americano Urijah Faber e conquistar o cinturão do UFC

O Brasil tem um novo dono de cinturão do UFC. José Aldo, Anderson Silva e Júnior Cigano já são supremos em suas categorias, mas na madrugada deste domingo Renan Barão conquistou o cinturão dos galos do Ultimate. O potiguar bateu o norte-americano Urijah Faber no combate principal do UFC 149, realizado em Calgary (Canadá), graças à decisão unânime dos juízes, que lhe concederam o triunfo por pontos. Vale lembrar que o combate foi pelo título interino da categoria, já que o atual campeão (Dominick Cruz) está lesionado.

A vitória de Barão sobre Faber foi merecida? Comente!

Getty Images
Barão usou bem os chutes para vencer Faber

No octógono, Barão foi superior durante os cinco rounds e dominou Faber com o uso constante de chutes altos, alternados com poucos, mas certeiros, socos. Apesar da força dos golpes do brasileiro, o norte-americano mostrou queixo duro e não chegou a ser derrubado. Por pontos, no entanto, o agora campeão interino venceu com sobras. Agora, ele deve enfrentar Dominick Cruz para ficar com o cinturão oficial. A luta, no entanto, não tem data prevista, já que Cruz não tem previsão de retorno aos combates.

VEJA: Sensação, Glover aceita pressão e já pensa em desafiar Jon Jones

"Graças a Deus eu estava bem preparado para tudo. Sabia que o Faber era um grande atleta. Sabia que ele tinha golpes fortes, mas eu estava bem treinado. Meus técnicos me disseram para eu chutar a perna dele, e eu fiz isso, para diferenciar a combinação. Desculpe se eu não pude agradar a todos, mas vou voltar para fazer melhor", disse o brasileiro, logo após a vitória.

LEIA: Belfort lança livro e se emociona com drama do desaparecimento da irmã

AP
Renan Barão com o cinturão dos galos do UFC

Com mais um triunfo na carreira, aliás, Barão agora acumula um total de 29 lutas seguidas sem derrotas. Ele não perde nenhum combate desde sua estreia no MMA, ainda em 2005, e de lá para cá atropelou todos seus oponentes. Seu único revés aconteceu logo em sua luta de estreia, em 14 de abril de 2005: contra João Paulo, o agora campeão dos galos do UFC caiu na decisão unânime dos jurados.

Cheio de expectativa, cubano decepciona
Em outra luta muito esperada do UFC 149, o cubano Hector Lombard, campeão do Bellator e dono de uma série de 20 triunfos consecutivos, fez sua estreia no Ultimate. O adversário foi o norte-americano Tim "O Bárbaro" Boetsch, e o chefão Dana White esperava uma grande vitória do caribenho para anunciá-lo como próximo adversário do brasileiro Anderson Silva, dono do cinturão dos médios.

MAIS: José Aldo defenderá cinturão dos penas no UFC Rio em outubro

O que se viu no octógono, porém, foi um combate insosso e sem emoções. Os lutadores pouco se arriscaram e nem se feriram no duelo que se arrastou durante três intermináveis rounds - com direito a muitas vaias do público. No final, os juízes deram ao norte-americano a vitória por decisão dividida, aumentando ainda mais a decepção com a estreia fracassada do cubano no UFC. Veja os resultados da noite:

CARD PRINCIPAL
Renan Barão
venceu Urijah Faber por decisão unânime (49-46, 50-45, 49-46)
Tim Boetsch venceu Hector Lombard por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Cheick Congo venceu Shawn Jordan por decisão unânime (30–28, 30–27, 30–27)
James Head venceu Brian Ebersole por decisão dividida (29–28, 28–29, 29–28)
Matthew Riddle venceu Chris Clements por finalização a 2:02 do round 3

CARD PRELIMINAR
Nick Ring venceu Court McGee por decisão unânime (29–28, 29–28, 29–28)
Francisco Rivera venceu Roland Delorme por nocaute a 4:19 do round 1
Ryan Jimmo venceu Anthony Perosh por nocaute a 0:07 do round 1
Bryan Caraway venceu Mitch Gagnon por finalização a 1:39 do round 1
Antonio Carvalho venceu Daniel Pineda por nocaute a 1:11 do round 1
Anton Kuivanen venceu Mitch Clarke por decisão dividida (29–28, 28–29, 29–28)

Leia tudo sobre: LutasMMAUFCUFC 149Renan Barão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG