De acordo com a ComissãoAtlética de Nevada, o americano afirmou que não tinha nada contra o ocorrido

A polêmica ombrada de Anderson Silva em Chael Sonnen na pesagem do UFC 148 poderia ter causado problemas ao brasileiro. Mas segundo o diretor executivo da Comissão Atlética de Nevada, Keith Kizer, o americano pediu para que o rival não fosse advertido, o que liberou o campeão dos médios de qualquer punição.

Veja também: S oberano, Anderson Silva limpa categoria e fica sem desafiantes

Anderson Silva dá ombrada em Chael Sonnen na pesagem do UFC 148
Getty Images
Anderson Silva dá ombrada em Chael Sonnen na pesagem do UFC 148

“Conversei com o Sonnen e ele foi compreensivo e perdoou o Anderson. Tenho que lhe dar muitos créditos, pois me disse que não queria nenhuma punição séria para o Anderson, disse que tinha o perdoado. Chegou a me falar que não sabia sequer se aquilo foi premeditado”, afirmou o diretor em entrevista ao MMA Junkie.

O que você achou da ombrada? Anderson Silva merecia ser punido?

Bastante irritado com as provocações de Sonnen, Anderson Silva surpreendeu na véspera da luta de sábado ao atacar o rival com o ombro após a pesagem. Os dois tiveram que ser separados à força logo em seguida para que maiores problemas fossem evitados.

Via Galvão, Globo volta a mentir sobre transmissão "ao vivo" do UFC e irrita fãs

Quando os oponentes finalmente se encontraram no octógono, Anderson Silva comprovou sua superioridade e derrotou o americano com um nocaute no segundo round . Após a luta, tanto Sonnen como o presidente do UFC, Dana White, minimizaram o ocorrido na pesagem.

“As pessoas se esquecem que isso é uma luta. É o negócio que vivemos”, comentou Dana White. “Não vou reclamar por algo como aquilo”, completou Sonnen após a derrota.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.