Tamanho do texto

Arqui-inimigos voltam a se enfrentar em Las Vegas neste sábado embalados pela maior rivalidade da história do UFC

Revanche entre Anderson Silva e Chael Sonnen acontece neste sábado à noite
Getty Images
Revanche entre Anderson Silva e Chael Sonnen acontece neste sábado à noite

Anderson Silva e Chael Sonnen são dois lutadores que realmente se odeiam. Ao longo dos últimos anos, os dois protagonizaram a maior rivalidade da história do UFC com direito a troca de insultos, uma superluta emocionante e a suspensão por doping do americano.

Quem você acha que vai ganhar? Deixe sua opinião com outros torcedores

Mas neste sábado à noite, eles voltam a se encontrar no octógono para acabar de vez com as dúvidas e definir quem é o melhor peso médio do mundo. Confira abaixo a linha do tempo dos lutadores com os fatos marcantes que tornaram o combate deste sábado no evento mais aguardado do ano no UFC:

6 de fevereiro de 2010
Chael Sonnen vence Nate Marquardt e se torna o desafiante de Anderson: Poucos achavam que Sonnen teria alguma chance diante do forte Nate Marquardt quando ambos se enfrentaram em Las Vegas. Mas o azarão surpreendeu e aplicou uma verdadeira surra no oponente se confirmando como o próximo desafiante do cinturão dos médios. Foi aí que Chael Sonnen se tornou conhecido para todos no mundo das lutas.

Março a agosto de 2010
Até então, Sonnen era apenas um wrestler com raça do UFC. Mas a partir daí ele voltou toda a atenção para Anderson Silva e mudou sua imagem por completo. O americano disparou uma série de ataques ao brasileiro e a seus parceiros de treino, como Rodrigo Minotauro. Chael abusou das provocações chamando o brasileiro de câncer e outras coisas mais. Foi a preparação perfeita para o primeiro encontro dos dois.

7 de agosto de 2010
Após meses de provocação, Chael Sonnen fez tudo o que havia prometido. Ou melhor, quase tudo. Ao longo de quatro rounds e meio, ele derrubou, bateu exaustivamente no brasileiro. Mas quando todos achavam que Anderson Silva estava acabado, o campeão dos médios conseguiu encaixar uma finalização por triângulo a poucos instantes de sua eventual derrota. Vitória verde-amarela em uma das reviravoltas emocionantes da história dos esportes de combate.

19 de setembro de 2010
“Foi só nesse dia que eu entendi por que ele parecia estar mais forte a cada round que passava e nunca se cansava”. A frase de Anderson Silva explica o possível motivo pelo qual Chael Sonnen teve uma performance tão imponente. No dia 19 de setembro de 2010 foi anunciado que o americano havia sido reprovado no exame antidoping com níveis de testosterona quatro vezes acima do normal. Com isso, recebeu um ano de suspensão, que mais tarde foi reduzido para apenas seis meses.

Anderson Silva e Chael Sonnen vão travar a revanche mais aguardada da história do UFC
Getty Images
Anderson Silva e Chael Sonnen vão travar a revanche mais aguardada da história do UFC

 27 de agosto de 2011
Com Chael Sonnen afastado do UFC, Anderson Silva deu prosseguimento à soberania no torneio. Após derrotar Vitor Belfort em fevereiro, ele se consagrou como ídolo nacional ao nocautear o japonês Yushin Okami – parceiro de treinos de Chael Sonnen - no primeiro UFC Rio. Esta foi a última aparição do Aranha no octógono.

UFC leva Anderson Silva e Sonnen aos quadrinhos. Veja os 'super-heróis'

8 de outubro de 2011
Passado o tempo afastado e a condenação na Justiça americana por sonegação fiscal, Chael Sonnen voltou ao octógono em grande estilo contra Brian Stann. Ele atropelou e derrotou o herói de guerra com uma finalização no segundo round. E suas primeiras palavras após a vitória voltaram a gerar polêmica: “Anderson Silva, você é uma droga! Eu te desafio! Se você me vencer, eu deixo o UFC para sempre!”, disparou o americano, enquanto o atual campeão olhava sem graça para o octógono.

25 de junho de 2012
Após ouvir insultos e provocações durante meses, Anderson Silva finalmente decidiu contra-atacar. O brasileiro acabou com o silêncio em relação ao americano e criou o clima perfeito para a revanche deste sábado: “O Sonnen é um marginal, uma escória do esporte. Não merece estar no UFC. Teve problema com a Justiça americana, problema com doping, não respeita nada. Esse cara é um imbecil. No dia 7 de julho, eu vou acabar com a cara dele e com cada um dos dentes da boca”, esbravejou.