Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Pupilo de Anderson Silva, Erick Silva luta nesta sexta-feira no UFC

Além de Erick Silva, os brasileiros  Carlos Eduardo Rocha, Caio Magalhães e Bernardo Magalhães também estarão em ação no UFC on FX 3

iG São Paulo |

Clayton Militão - Photo Rio News
Anderson treina com Erick Silva na praia

O brasileiro Erick Silva está com moral no UFC. Após duas lutas no maior evento de MMA do mundo, o pupilo de Anderson Silva vai disputar o segundo combate mais importante do UFC on FX 3. Nesta sexta-feira, pela categoria peso meio-médio, ele enfrenta o norte-americano Charlie Brenneman, em Sunrise, na Flórida – o card preliminar começa às 18h (horário de Brasília).

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Erick Silva estreou no UFC 134 e nocauteou Luis Ramos aos 40 segundos do primeiro round. Depois, no UFC 142, nocauteou Carlo Prater com apenas 29 segundos de luta. Porém, o árbitro Mario Yamasaki alegou que ele acertou socos na nuca do adversário e desqualificou a vitória. A decisão de Yamasaki gerou muita polêmica: o replay da luta mostrou que Erick não acertou os golpes ilegais e até Dana White pediu desculpas pelo erro grosseiro.

Leia mais: Shogun fará a luta principal do UFC on Fox 4 contra Brandon Vera

Apesar do problema, Erick Silva continua mostrando muita confiança. O brasileiro, inclusive, promete manter a estratégia das últimas lutas e buscar um nocaute rápido contra Charlie Brenneman.

“Vou para tentar manter a luta em pé, apesar de ser faixa preta de jiu-jitsu e ter um jogo bom no chão para raspar, virar e pegar. Quero manter a luta em pé e buscar o nocaute. Podem ter certeza que estou cem por cento e podem esperar que vai ser mais uma luta rápida. Vou entrar focado, determinado e muito agressivo”, comentou.

Veja também: Após manter o cinturão do UFC, Cigano é recebido com festa em Salvador

“Os treinos foram muito fortes, como se fosse uma guerra. Assim como no combate anterior, vou chegar pronto para uma vitória”, acrescentou Erick, que treina com grandes nomes do esporte como Anderson Silva e Rodrigo Minotauro.

Além de Erick Silva, outros três brasileiros estarão em ação no UFC desta sexta-feira. Pelo card preliminar, Carlos Eduardo Rocha enfrenta Mike Pierce, Caio Magalhães encara Buddy Roberts e Bernardo Magalhães luta contra Henry Martinez.

Confira ainda: Wanderlei Silva ainda espera por Belfort e promete: 'vou te pegar'

Na luta principal do evento, Demetrious Johnson enfrenta Ian McCall. A luta vale uma vaga para disputar o cinturão do peso mosca. A nova categoria criada pelo UFC ainda não tem um campeão. Quem vencer o duelo desta noite encara Joseh Benavidez, que derrotou Yasuhiro Urushitani na outra semifinal.

Card principal

Demetrious Johnson (EUA) x Ian McCall (EUA)
Charlie Brenneman (EUA) x Erick Silva (Brasil)
Josh Neer (EUA) x Mike Pyle (EUA)
Scott Jorgensen (EUA) x Eddie Wineland (EUA)

Card preliminar

Leonard Garcia (EUA) x Matt Grice (EUA)
Mike Pierce (EUA) x Carlos Eduardo Rocha (Brasil)
Seth Baczynski (EUA) x Lance Benoist (EUA)
Dustin Pague (EUA) x Jared Papazian (EUA)
Tim Means (EUA) x Justin Salas (EUA)
Caio Magalhães (Brasil) x Buddy Roberts (EUA)
Bernardo Magalhães (Brasil) x Henry Martinez (EUA)
Jake Hecht (EUA) x Sean Pierson (Canadá)

Leia tudo sobre: Erick SilvaUFCLutasMMA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG