Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lopes aprova mudança de postura do América-MG e elogia defesa

"O sistema defensivo se comportou bem. Tivemos boas atuações do Micão, do próprio William Rocha", elogiou o treinador

Gazeta |

O técnico americano Antônio Lopes gostou da postura do América-MG no empate sem gols contra o Figueirense, neste sábado, na Arena do jacaré. Segundo ele, o time não foi tão apático como aconteceu no jogo anterior, contra o Ceará, e evoluiu na parte tática. O treinador, porém, deixou claro que a vitória era obrigação da equipe que atuou em casa e que não conseguiu fazer o dever.

"Nós já tivemos um avanço do último jogo para este. Não tivemos aquela apatia, acomodação que nós constatamos no jogo contra o Ceará. O time está mais aguerrido agora, com outra postura, querendo ganhar o jogo e marcando bem. Lógico que o resultado não foi o ideal, não era esse que a gente esperava, e dentro dos nossos redutos tínhamos a obrigação de fazer o dever de casa, mas infelizmente não aconteceu", analisou.

Antônio Lopes ainda enalteceu o setor defensivo do América-MG, que completou a primeira partida neste Campeonato Brasileiro sem levar gols. O treinador já havia declarado que acertar a defesa era uma prioridade para o duelo contra o time catarinense. Lopes elogiou a dupla de defensores que foi formada por Micão e William Rocha.

"O sistema defensivo se comportou bem. Tivemos boas atuações do Micão, do próprio William Rocha, que fizeram um bom trabalho, haja vista que a equipe adversária não criou uma chance límpida de gol. Isso mostra um avanço de um time que tomou 22 gols em dez jogos, e não tomar gols era uma preocupação nossa, e foi um avanço", afirmou.

 

 

 

 

Leia tudo sobre: américa-mgantônio lopesbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG