O atleta Pedro Cunha atacou Pedro Solberg, seu ex-parceiro no vôlei de praia, nesta quarta-feira. O carioca, que está contundido, afirmou que seu 'xará' o telefonou e, sem maiores explicações, pediu o desligamento da dupla.

O atleta Pedro Cunha atacou Pedro Solberg, seu ex-parceiro no vôlei de praia, nesta quarta-feira. O carioca, que está contundido, afirmou que seu 'xará' o telefonou e, sem maiores explicações, pediu o desligamento da dupla.

Solberg disputará, junto de Rhooney Ferramenta, o Grand Slam da Suíça a partir desta quinta-feira. A irritação de Cunha se deu, pois não é a primeira vez que ele passa por esta situação. Em 2009, quando a parceria chegou a decidir o 'Rei da Praia', Solberg continuou na ativa enquanto Cunha tratava de uma fratura na tíbia da perna esquerda.

Pedro Cunha, que terá condições de retornar ao Circuito Mundial no Grand Slam de Moscou (na metade do mês de julho), mostrou-se decepcionado.

"Infelizmente, mais uma vez ele largou a dupla. Já foi assim em 2009, quando eu me machuquei, e agora, também num momento em que eu estou lesionado. Acreditava muito no nosso time e fiquei muito chateado. Não esperava por isso, ainda mais no meio do ano, em meio à classificação para as Olimpíadas", afirmou. Os dois tinham retomado a dupla em 2011.

Cunha, bicampeão nacional nas temporadas 2007 e 2010, emendou que buscará um novo companheiro. "Todas as duplas estão montadas, competindo, e agora vou ter procurar um novo parceiro", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.