Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Kalil é suspenso por mais 15 dias e Guilherme Santos pode jogar

Lateral-esquerdo do Atlético-MG recebeu apenas um jogo de punição, já cumprido, e vai enfrentar o Santos

Gazeta |

O presidente do Atlético-MG , Alexandre Kalil, e o lateral esquerdo Guilherme Santos , foram julgados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e acabaram punidos. O dirigente alvinegro terá que cumprir 15 dias de suspensão e ainda vai pagar uma multa de R$ 2 mil, pelo fato de ter ficado no banco de reservas durante uma parte do jogo contra o Internacional . Já Guilherme Santos foi punido com um jogo de suspensão pelo cartão vermelho levado na mesma partida. Como já cumpriu a pena, diante do Ceará , poderá enfrentar o Santos , no próximo sábado.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Além dos 15 dias de suspensão, Kalil já estava cumpre outra pena, de 20 dias, em razão de problemas ocorridos na partida entre Atlético-MG e Grêmio Prudente pela Copa do Brasil. Na ocasião, o árbitro Paulo Henrique Bezerra relatou na súmula, que o dirigente ocupava lugar no banco de reservas durante o andamento do jogo, o que não é permitido. A punição de Alexandre Kalil agora é até 4 de agosto, e não mais dia 20 deste mês.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Sem poder contar com Leandro e Richarlyson , que estão machucado e suspenso, respectivamente, Dorival Júnior terá uma dor de cabeça a menos, já que Guilherme Santos terá condições de jogo. Caso fosse punido, o treinador atleticano teria que utilizar o jovem Eron na lateral ou improvisar outro jogador.

Leia tudo sobre: genetalexandre kalilatlético-mg

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG