Técnico, que teve uma passagem marcante pelo Barueri, foi vítima de uma insuficiência respiratória

Um dos homens responsáveis pela chegada do Barueri à elite do futebol paulista faleceu na madrugada desta terça-feira. O ex-técnico José Carlos Fescina foi vítima de uma insuficiência respiratória. Ele viveu 69 anos.

Fescina também teve vasta carreira como jogador nos anos 60, quando jogou por Cruzeiro, Palmeiras, Sport e Botafogo, além de outro times. Como técnico, ele trabalhou no Juventus, Barueri, Noroeste, Santo André, entre outros clubes do interior do país. Ele também passou pelo Corinthians como auxiliar-técnico, em 1988.

Um dos maiores feitos de Fescina na carreira foi levar o Grêmio Barueri à elite paulista, quando venceu, consecutivamente, a partir de 2005, as Séries A-3 e A-2. No momento, Fescina era diretor das categorias de base do Sport Clube Barueri.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.