Filme conta a vida de Heleno de Freitas, craque do Botafogo na década de 40

Estreia na próxima sexta-feira o filme "Heleno", uma cinebiografia de Heleno de Freitas, e maior ídolo do Botafogo na década de 40. 

Boêmio e polêmico, Heleno teve uma vida trágica e, depois de fazer sucesso em times como Botafogo e Boca Juniors, acabou morrendo em um sanatório, vítima de sífilis. Ainda assim, é o quarto maior artilheiro da história do time carioca, com 209 em 235 partidas, e um de seus mais celebrados craques.

O filme, que estreou no Festival de Toronto e teve boa recepção, é digirido por José Henrique Fonseca e estrelado por Rodrigo Santoro. No elenco também estão Alinne Moraes, Herson Capri e Othon Bastos.

Rodrigo Santoro interpreta o papel de Heleno de Freitas, polêmico craque do Botafogo nos anos 40
Divulgação
Rodrigo Santoro interpreta o papel de Heleno de Freitas, polêmico craque do Botafogo nos anos 40

VEJA FOTOS DE GRANDES FILMES QUE CONTAM HISTÓRIAS DO ESPORTE

Assim como Heleno de Freitas e sua carreira, muitas outras personalidades e acontecimentos do esporte ganharam versões, algumas memoráveis, no cinema. Carruagens de Fogo e Touro Indomável são exemplos clássicos.

Mais recentemente, também houve outras tentativas de levar o esporte ao cinema. Ano passado, por exemplo, foi lançado “Anderson Silva: Como Água”, que mostra preparação do lutador do UFC para sua luta contra Chael Sonnen. Já no mês de março, a ESPN americana relembrou o episódio em que Magic Johnson anunciou que contraíra o vírus HIV com o documentário “The Annoucement” (em tradução livre, “O Anúncio”).

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.