Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Galhardo revela 'dia de rei' após fazer golaço pelo Botafogo

Meia contou que não conseguiu sequer almoçar no shopping por causa do assédio recebido recentemente

AE |

selo

Se pretende ser o meia-armador dos sonhos da diretoria e da torcida do Botafogo, Thiago Galhardo vai ter que se acostumar com a badalação e também com a pressão. Aos 21 anos e após ter jogado apenas dois amistosos com a camisa alvinegra, o jovem começa a conhecer a fama.

No sábado, ele marcou um golaço, o único do empate do Botafogo com o América-MG, em Juiz de Fora. Depois, saiu comemorar com a família e teve "um dia de rei" em sua cidade natal, São João Del Rei (MG). "Foi coisa de outro mundo. Não conseguia comer no shopping, todo mundo queria tirar foto. Agora, quero atender todo mundo, pois já estive do outro lado e me sentia bem estando perto dos jogadores", revela Galhardo.

Destaque do Bangu no Campeonato Carioca, o meia deu nesta terça-feira a sua primeira entrevista coletiva com a presença de dezenas de profissionais de imprensa. De cara, deixou boa impressão, mantendo a humildade. "Não fiz mais do que a minha obrigação. Tenho que ir bem sempre, pois a torcida vai cobrar e eu me cobro mais ainda", afirmou o jogador, elogiado pela boa atuação no amistoso contra o América-MG.

Com contrato por empréstimo até dezembro, Galhardo sabe que precisa manter os pés no chão e aproveitar a chance que está tendo no Botafogo. "A cabeça está boa e estou com uma grande expectativa. Todos querem essa oportunidade de jogar um Brasileiro, campeonato visto no mundo todo. Cheguei aqui, não posso ficar escondido. Quero me manter no Botafogo, não tenho por que ficar inibido e não jogar bola", completa o meia.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiro 2011botafogo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG