Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Zizao serve coxinha, brinca no pula-pula e prova estar com ombro bom

Sem ser cristão, o chinês Zizao foi um dos convidados da festa de Páscoa promovida pelo Corinthians

Gazeta |

Gazeta Press
"O Ching Ling é esperto, já está sabendo legal", brincou Marcelinho.

Sem ser cristão e entendendo pouco de português ainda, o chinês Zizao foi um dos convidados da festa de Páscoa promovida pelo Corinthians para dezenas de crianças, nesta segunda-feira. Durante evento realizado no Parque São Jorge, o meia-atacante recém-contratado provou estar com o ombro esquerdo totalmente recuperado ao servir salgado, bebida e chocolate e brincar tanto no escorregador quanto no pula-pula colocados no abafado ginásio do clube.

Deixe  seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O primeiro contato com a garotada da Casa do Zezinho (entidade não governamental da Zona Sul de São Paulo) foi tímido. "Quer esse ou esse?", perguntava às crianças, enquanto apontava para dois sabores diferentes de refrigerante. Quando questionado por uma delas qual era o salgado oferecido, ele pediu ajuda ao ex-goleiro Tobias, que também prestigiava o evento, ao lado de outros ídolos do clube, como Marcelinho Carioca e Basílio. "É coxinha", repetiu o chinês, provocando risos."O Ching Ling é esperto, já está sabendo legal", brincou Marcelinho.

Relembre: Corinthians faz verdadeira festa chinesa na apresentação de Zizao

Depois de alimentar dezenas das cerca de 120 crianças recebidas pelo projeto social Time do Povo - as quais já haviam se divertido com um show de mágica e as dependências do Parque São Jorge -, Zizao também foi à área de lazer. Sem receio com a recente luxação no ombro, o novo pupilo do marketing corintiano desceu por um escorregador inflável mais de uma vez e, depois, tirou o tênis, um pouco sem graça, para subir em um pula-pula. "Ele aceita de tudo", comentavam algumas pessoas, surpresas com o modo como o estrangeiro de 24 jovens se portava diante da situação.

Gazeta Press
Zizao desce por escorregador em Páscoa promovida pelo Corinthians

Veja também: Zizao sofre contusão no ombro e será examinado na terça-feira

Com contrato válido até o fim de 2013, o jogador ainda não estreou sua camisa 200. A intenção é aproveitá-lo, ao menos inicialmente, apenas em partidas de pouca expressão, com o intuito de explorar o forte mercado chinês. Nesta segunda-feira, ele disse que deve estar apto de novo dentro de duas semanas. Até lá, continuará aprendendo o idioma local, já que, embora esteja adaptado ao fuso horário brasileiro e à cidade de São Paulo, Zizao ainda pena para se comunicar. "Falo mais ou menos: Tudo bem? Beleza? Vai, Corinthians!", exemplificou.

Confira ainda: Corinthians contrata detentos para manutenção do Parque São Jorge

Apesar de Zizao ter sido muito requisitado para fotografias e autógrafos de curiosos e adultos que organizavam a excursão, quem mais chamou atenção das crianças foi Marcelinho. Mesmo sendo muito novas, algumas crianças reconheceram o ídolo e gritaram seu nome. "É maravilhoso", impressionou-se o xodó alvinegro. "Muitas não me viram jogar, mas os pais orientam e fomentam isso, resgatam um pouquinho desse passado. Mas o mais bonito é esse trabalho social, que não tem preço", completou.

O projeto social "Time do Povo" costuma levar a jogos do Corinthians torcedores que não tenham condições financeiras para ir ao estádio, em especial crianças de seis a 12 anos. Além disso, fazem parte da iniciativa visitas dirigidas à sede social do clube, incluindo o Memorial do Corinthians, e ao CT Joaquim Grava.

Leia tudo sobre: corinthianszizaocampeonato paulista

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG