Treinador da seleção do Iraque, brasileiro lamentou falta de tempo para preparar seu time para eliminatórias asiáticas da Copa 2014

Assumindo a seleção do Iraque há oito dias, o ex-jogador Zico fará seu segundo jogo ao lado da equipe nesta próxima terça-feira, diante de Cingapura, nas eliminatórias esiáticas para a Copa do Mundo de 2014. Após o treino desta segunda, o ídolo brasileiro criticou o gramado artificial do estádio Jalan Besar, palco da partida.

"Não gosto do gramado, porque penso que só é possível jogar bem na grama natural", explicou Zico, que em sua estreia foi derrotado por 2 a 0 diante da Jordânia, amargando assim a última posição de sua chave nas Eliminatórias.

"Não é profissional, estas partidas intermediárias, classificatórias para a Copa, precisam de grama natural. Isto dificulta nosso trabalho, porque o Iraque é uma equipe com boa técnica e o gramado não é bom para nós", continuou o ídolo do Flamengo.

Após criticar duramente o gramado do estádio de Cingapura, Zico ainda lamentou a falta de tempo para preparar o time. "Só posso dizer que milagres são impossíveis no futebol", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.