Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Zico comenta Brasileirão e torce para Rússia ficar com Copa de 2018

Ex-jogador critica postura de torcedores de pedirem para times entregarem jogos na reta final do Brasileiro e não se mostra empolgado com a movimentação para a Copa até o momento

Vicente Seda, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859612135&_c_=MiGComponente_C

Ex-diretor-executivo do Flamengo, Zico assegura não guardar mágoas pela forma como deixou o clube. Participando de um dos painéis da Soccerex, convenção de negócios do futebol que acontece no Forte de Copacabana no Rio, as suas críticas foram direcionadas a outros temas. Zico diz que muda o canal quando vê torcedores pedindo para o próprio time perder por causa de rivalidades e se mostra desanimado com o que tem visto até agora na preparação para a Copa do Mundo de 2014. Para o Mundial de 2018, que terá sua sede anunciada pela Fifa em 2 de dezembro, declarou torcida para a Rússia.

Para 2022 sou Japão, claro, e para 2018 acho que poderia ser na Rússia, gostaria que fosse lá, pois é um país que ultimamente vem crescendo bastante no futebol, conquistando títulos na Uefa e creio que vale a pena se dar uma oportunidade para que seja reerguido, pois é um país bonito e que vale a pena conhecer. Tenho certeza de que fariam uma grande Copa do Mundo, disse Zico, ex-técnico do CSKA Moscou, que não mostrou a mesma vontade com a organização da Copa no Brasil.

A gente não está vendo muita coisa. Tomara que chegue um momento que todo mundo meta a mão na massa e resolva. Viajo muito pelo país e não tenho visto aquele start de Copa do Mundo que, por exemplo, vi na Coreia (2002). Não tenho visto isso aqui ainda não, analisou.

Ao comentar a reta final do Campeonato Brasileiro, afirmou que o Fluminense tem tudo para trazer a taça para o Rio novamente, como fez o Flamengo em 2009. Mão na taça? Está com a mão, com o pé, com a cabeça. Vai pegar um time desfigurado agora no próximo jogo (Palmeiras) e no último joga em casa contra uma equipe que está com a corda no pescoço (Guarani) e que não ganha fora de casa há 15 jogos, então acho que o Fluminense tem todas as condições de levar esse título.

Ele ressaltou que o Flamengo, contudo, não está livre do risco de rebaixamento, mas mostrou confiança em uma vitória sobre o Cruzeiro, na próxima rodada. O Flamengo ainda corre risco matematicamente, mas depende só dele. Pode até com os 43 pontos permanecer na Série A, mas acredito que o time tem todas as chances de vencer o Cruzeiro, acredito na vitória nesse jogo.

Zico se mostrou incomodado com a quantidade de jogos em que torcedores preferem que o próprio time perca, para prejudicar terceiros. Acho que isso é fruto de algumas rivalidades criadas entre torcidas, através de dirigentes. É duro você ver no estádio um torcedor contra o seu próprio time. Isso tira às vezes até o próprio ânimo do profissional. Creio que a orientação dos treinadores é sempre no sentido de ir lá e cumprir a obrigação, independente de quem será o campeão. É muito chato assistir isso. Claro que mexe com a credibilidade. Vendo uma coisa dessa eu mudo de canal e vou para outro jogo.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocopa 2014copa do mundorússiazico

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG