Técnico do Iraque tenta gerar verba para instituições beneficentes no Rio, já que lucro da “pelada” de fim de ano foi paulistas

Zico atuou ao lado de Júnior, revivendo o Flamengo dos anos 80
AE
Zico atuou ao lado de Júnior, revivendo o Flamengo dos anos 80
O Jogo das Estrelas, “pelada” de fim de ano organizada por Zico , foi realizado em 2011 pela primeira vez em São Paulo, já que o Maracanã, palco habitual, está fechado para obras para a Copa do Mundo de 2014. Desta forma, a renda do evento, sempre destinada a entidade beneficentes, ficou com instituições paulistas. Para também ajudar as entidades cariocas, Zico colocou 40 camisas com o seu número, o 10 , à venda através do seu site oficial. Cada uma custa R$ 320, com certificado e agradecimento do Galinho de Quintino e autógrafo personalizado. Todo o lucro será revertido para instituições beneficentes do Rio.

“A gente sempre ajudou algumas instituições no Rio e muitas delas realmente contam com o apoio do Jogo das Estrelas. Por outro lado, eu acho justo que o povo paulista que prestigiou o jogo possa ver a renda do Morumbi revertida para entidades de lá. Foi assim que surgiu a ideia. São camisas 10, a que eu usei, um número de camisas capaz de gerar recursos que vão ajudar muita gente”, comentou Zico.

O Jogo das Estrelas 2011 foi realizado no Morumbi e contou com a presença de craques do presente, como Neymar e Lucas, e do passado, como Zico, Júnior e Raí, irmão do homenageado Sócrates , que morreu no dia da última rodada do Campeonato Brasileiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.