Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Zezé Perrella explica 'pacotão' e diz estar satisfeito com time

Dirigente diz que atletas contratados chegam para somar e que só manter o elenco já foi um grande reforço

Gazeta |

Depois de anunciar um pacotão de reforços para a temporada, o presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, afirmou em entrevista coletiva, nesta quinta-feira, que o clube só não contratou antes porque entende que o elenco celeste é bom. Em dois dias o Cruzeiro anunciou a chegada de quatro reforços: o volante Leandro Guerreiro, o zagueiro Fabrício e os atacantes André Dias e Ortigoza. O mandatário celeste deu detalhes das transações.

"O Ortigoza veio por empréstimo de um ano, o André Dias é dono dos próprios direitos econômicos e assina contrato também por um ano e o Fabrício veio sem custo, com parte dos direitos fixados. No caso do Leandro Guerreiro, o Cruzeiro pagou R$ 750 mil para que o Botafogo liberasse", explicou Perrella.

nullO dirigente afirmou ainda que pode buscar mais centroavante, caso a negociação para a saída do atacante Wellington Paulista se concretize. O jogador celeste é especulado no Al-Rayyan do Catar, clube dirigido pelo ex-técnico do Cruzeiro, Paulo Autuori. Perrela considera que as contratações da Raposa foram feitas sob medida. 

"Trouxemos reforços qualificados, até porque você não vê ninguém no Brasil fazendo grandes investimentos. Hoje a maioria dos jogadores, que estão sendo contratados, é porque eles estão sendo liberados ou chegando por empréstimo. Eu não vi nenhum clube no Brasil fazendo grandes contratações, a não ser o Flamengo com o Ronaldinho Gaúcho", declarou.

Zezé Perrella defende a ideia que o Cruzeiro não pode ser irresponsável e fugir da política de pés no chão, adotada em sua gestão no time celeste. "Eu estou satisfeito com o time que tenho, só de segurar os principais jogadores já é um reforço, e estes atletas que estão vindo agora chegam para somar. Foi com essa política de pés no chão que estamos disputando a quarta Libertadores seguida", finalizou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG