Atleta viajou para realizar exames médicos no Genoa, da Itália, e não joga contra o Prudente neste domingo

O atacante Zé Eduardo foi liberado da concentração do Santos em Presidente Prudente para realizar exames médicos no Genoa, da Itália, e não enfrenta o Grêmio Prudente neste domingo, às 17h (de Brasília), pela terceira rodada do Campeonato Paulista.

“Ele foi realizar exames e foi liberado, como parte do processo da negociação. Nós recebemos uma documentação do Genoa, e fazia parte da nossa exigência o pedido para liberarmos o atleta”, afirmou o diretor de futebol do Santos, Pedro Luis Nunes Conceição ao iG .

O Santos já aceitou a proposta feita pelos italianos para contratar Zé Eduardo. O clube, que detém 60% dos direitos econômicos do atleta (o restante pertence ao Pinheiros, de Santa Catarina), deve receber 2,7 milhões (cerca de R$ 6 milhões) para liberar o jogador ao Genoa.

Apesar de o atleta ter sido dispensado da concentração, o Santos ainda não considera a negociação concluída. Isso porque a diretoria santista aguarda o dinheiro da negociação ser depositado na conta bancária do clube para liberar o jogador ao Genoa, da Itália.

“Se ele não joga mais pelo Santos, não podemos dizer, ele ainda vai fazer os exames médicos, falta à assinatura do contrato, e o Santos ainda não recebeu o valor da negociação”, disse Pedro Luis Nunes Conceição.

Sem Zé Eduardo, o técnico Adilson Batista, que não esperava perder o jogador para o duelo contra o Prudente neste domingo, deve escalar Keirrison para ao lado de Maikon Leite no ataque. Desta forma, o treinador terá apenas o jovem Moisés como opção para o setor no banco de reservas.

A diretoria do Santos ainda procura um atacante no mercado para atender ao pedido de Adilson Batista. Além de Zé Eduardo, o treinador deve perder Maikon Leite, que assinou um pré-contrato com o Palmeiras, e deve se apresentar no Palestra Itália no dia 23 de junho, quando encerra o vínculo do jogador com o Santos.

Em contrapartida, Adilson contará com Diogo, recém contratado do Olympiacos, da Grécia, e Neymar, que está servindo a seleção brasileira sub-20 no Sul-Americano da categoria, disputado no Peru.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.