Lázaro, que estava no futebol holandês, se diz feliz por não ter que jogar mais no frio europeu

O zagueiro Lázaro chegou ao Vila Nova nesta temporada e estreou no futebol brasileiro. Apesar de ter sido formado nas categorias de base do Atlético-MG, o atleta foi vendido antes mesmo de subir aos profissionais ao Heerenveen, da Holanda. Em seu retorno à pátria-mãe, ele admitiu que prefere atuar em terras brasileiras, por conta da torcida.

"A diferença é muito grande. Lá, jogamos no gelo, em um frio muito grande, o que complica muito. Aqui é mais gostoso, a torcida é mais calorosa, a sensação é melhor", afirmou o jogador, em entrevista concedida à "Rádio 730", de Goiás.

Lázaro explicou a diferença da torcida europeia para a brasileira, justificando sua preferência. "Lá tem uma torcida, mas é sentada, sem falar nada. Depois do jogos eles batem palmas. É um povo bastante frio. Aqui eu percebi uma torcida fervorosa, bastante motivante. Para um jogador é muito gostoso jogar assim", comentou.

Além disto, ele afirmou que acha mais fácil para um zagueiro jogar no Brasil do que na Holanda. "Lá tem mais 4-3-3, com o pessoal jogando bastante para a frente. Eles olham o ataque e esquecem a defesa. Saem muitos gols nos campeonatos. É coisa de louco", contou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.